Projeto procura compositoras do DF e Entorno para programa gratuito de aceleração de carreiras e inserção no mercado fonográfico

Reprodução.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A iniciativa também conta com oficinas e palestras abertas ao público. Inscrições abertas até a próxima sexta (14)

O Dona Imperatriz está com inscrições abertas para compositoras de rap e outros estilos urbanos do Distrito Federal e Entorno, que desejam impulsionar suas carreiras com gravação e lançamento de músicas inéditas. São aceitas mulheres, preferencialmente pretas, periféricas e LBTs, com o objetivo de ocupar a posição de gestoras de suas carreiras.

Assessoria de comunicação, elaboração de portfólio, ensaio fotográfico e músicas em parceria com a cantora Thabata Lorena, idealizadora do projeto Dona Imperatriz, integram o percurso formativo gratuito de mais de 50h/aula para as oito artistas que serão selecionadas. Oficinas e palestras, abertas ao público e com interpretação em libras, também serão ofertadas ao longo dos dois meses de trabalho.

“Nosso projeto possui uma abordagem que considera as estruturas sociais e familiares de cada mulher na elaboração de um plano de carreira alinhado com o seu plano de vida. Com esta formação, pretendemos gerar sustentabilidade e ampliação das possibilidades de atuação para estas compositoras. As nossas artistas locais são extremamente importantes para economia e cultura do Centro-Oeste e devem ser valorizadas”, afirma Thabata Lorena.

Espera-se que as candidatas tenham atuação e contribuição na valorização e preservação da cultura local; composições com caráter inovador; promovam valores não discriminatórios e se autodeclaram negras, quilombolas ou pertencentes a povos de terreiro, indígenas, ciganas, LBTs, pessoas com deficiência ou que sejam egressas do sistema socioeducativo/prisional.

A candidatura acontece por meio de formulário eletrônico e a seleção será feita pela curadoria do projeto. Confira o regulamento e inscreva-se no programa de aceleração até 14 de maio em http://bit.ly/chamamentodonaimperatriz.

Abaixo, a programação de atividades abertas e online. Preencha o formulário até 14 de maio em http://bit.ly/formulariopalestraseoficinas e receba o link para as salas.

LEIA TAMBÉM -   Sobrecarregadas na pandemia, mães não devem esquecer do autocuidado

Oficinas abertas

25/05 e 27/05 às 19h : Dicas em Audiovisual com Alice Diniz;

01/06 às 19h: Trajetória do RAP e Legado Público com Vera Verônika;

03/06 às 19h e 05/06 às 15h: Articulação em Rede com Jaqueline Fernandes; 22/06 às 19h : Gestão de Redes Sociais com Neggata;

24/06 às 19h: Economia Criativa com Wemmia Anita 29/06 às 19h: Mercado Fonográfico com Filipe Alemar

10/07 às 15h de 13/07 às 19h: Elaboração de Projetos e Formalização com Clara Nugoli;

Palestras abertas sobre Inspiração e Trajetória

22/05 às 15h com Fernanda Fontoura 19/06 às 15h com Raissa Miah

26/06 às 15h com DJ Donna 15/07 às 19h com Realleza

Sobre a idealizadora do projeto

Cantora, rapper, compositora e arte-educadora Thabata Lorena hoje é um nome na música brasileira e do Distrito Federal, vinda do Maranhão para Brasília, a cantora realiza projetos e trabalhos voltados principalmente para o enaltecimento da mulher negra em diversos âmbitos. Hoje, como forma de retorno para a comunidade onde cresceu, se tornou mc e referência na fonografia brasiliense. Thabata é a idealizadora do Projeto Dona Imperatriz que tem como objetivo auxiliar mulheres que assim como ela, tem o sonho de seguir como cantoras, construindo e dando o suporte para que se tornem donas do seu próprio império.

 Clique aqui e confira o vídeo da música Super Heroína, de Thabata Lorena

Veja mais:

LEIA TAMBÉM -   Resultado do Programa CNH Social sai dia 15

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: