Projeto torna popular acesso a conteúdos sobre a Idade Média

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Intenção é que Guia Medieval se torne fonte de produção científica

Agência Educa Mais Brasil

A Idade Média costuma ser um tema recorrente nas questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e em outros vestibulares do Brasil. Para atender à demanda específica sobre esse assunto, a Universidade de São Paulo (USP) deu uma nova versão aoGuia Medieval, realizado pelo Laboratório de Estudos Medievais (LEME) e financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).O Guia busca popularizar essas pesquisas, que costumam ficar restritas às bibliotecas e, para isso, ganhou uma estrutura visual com o intuito de tornar a experiência do usuário mais dinâmica e interativa. 

A intenção é que o Guia Medieval se torne uma fonte de produção científica sobre o período histórico conhecido como Idade Média. A plataforma não pretende ser uma enciclopédia on-line, mas busca reunir resultados relevantes sobre uma determinada pesquisa.

O Guia funciona como qualquer outro mecanismo de pesquisa. Nele, o usuário pode fazer perguntas, encontrar resultados, viajar pela linha do tempo, pelo mapa e categorias. É possível realizar buscas por um tema ou pelo mapa. A pesquisa por referências geográficas permite melhorar a compreensão sobre a influência de uma região ou como um acontecimento pode estar interligado com outro. 

A organização do projeto pretende disponibilizar todo o conteúdo produzido no Brasil sobre a Idade Média até o fim de 2021. Os conteúdos incluem músicas, obras de arte, podcasts, vídeo-aulas e imagens. A plataforma também permite navegar pela linha do tempo pelas categorias economia, filosofia, cultura e política.

Veja mais:

LEIA TAMBÉM -   Simulador mostra onde e o quê estudar com base na nota do Enem

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: