Retirada dos cartões Prato Cheio começa nesta segunda-feira (3)

Imagens: Divulgação.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Cerca de 32 mil novas famílias passam a receber o crédito de R$ 250 para compra de produtos alimentícios

Agência Brasília

A partir desta segunda (3), às 8h, será feita a entrega dos cartões do programa Prato Cheio para as novas 31.955 famílias acompanhadas pelas equipes da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). Para saber se seu nome está na lista dos beneficiários que receberão o auxílio referente aos meses de abril, maio e junho, basta acessar o site GDF Social e informar CPF e data de nascimento.

Em seguida, a página vai mostrar se o crédito está ou não liberado. Caso positivo, o site também dirá o dia determinado para ir a uma agência do Banco de Brasília (BRB), das 8h às 14h, e retirar o cartão com o crédito de R$ 250.

A equipe do banco utilizou o endereço informado pelos beneficiários, na hora do atendimento socioassistencial, para programar a retirada do cartão em uma agência mais próxima da residência. Outro critério adotado pelo banco para facilitar a entrega considera a primeira letra do nome do beneficiário, seguindo ordem alfabética. O cartão do Prato Cheio não está habilitado para a função saque, apenas para débito. O beneficiário pode acompanhar o saldo do auxílio pelo aplicativo BRB Social.

Benefício emergencial

O programa Cartão Prato Cheio é um auxílio de caráter emergencial concedido às famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional. Durante três meses consecutivos, o beneficiário recebe um crédito de R$ 250 para a compra de produtos alimentícios.

O benefício é destinado às famílias que já passaram por um atendimento socioassistencial em alguma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) e dos Centros Pop, durante a pandemia do novo coronavírus. Essas famílias tiveram o requerimento registrado no Sistema Integrado de Desenvolvimento Social (Sids) da Sedes, conforme os critérios e perfil de acesso ao programa.

LEIA TAMBÉM -   Educação na América Latina registra retrocesso de, pelo menos, oito anos

Podem receber o benefício as famílias residentes no DF com renda per capita igual ou inferior a meio salário mínimo. Desde que atenda os critérios de elegibilidade, o cartão será concedido juntamente a outros benefícios socioassistenciais, como o Bolsa Família e o DF sem Miséria.

Terão prioridade na concessão do cartão as famílias monoparentais chefiadas por mulheres com crianças de até 6 anos, famílias com crianças da mesma faixa, as que possuem alguma pessoa com deficiência, as que têm um familiar idoso e o beneficiário em situação de rua – desde que esteja em acompanhamento regular pela equipe socioassistencial.

As pessoas que se encontram em risco social ou que já receberam o benefício referente aos meses de janeiro, fevereiro e março deste ano e ainda enfrentam situação de vulnerabilidade, devem agendar um novo atendimento nos centros assistência social. O agendamento pode ser feito pela Central 156, opção 1, ou pelo site da Sedes.

Retirada do cartão

O cidadão já pode consultar pelo site GDF Social o local e data de retirada do cartão de 31.955 novos beneficiários do programa Cartão Prato Cheio. A agência para retirada do cartão foi selecionada de acordo com o endereço informado pelo beneficiário durante o atendimento na unidade socioassistencial.

A entrega dos cartões nas agências bancárias do BRB ocorrerá das 8h às 14h, seguindo o seguinte cronograma:

  • Nomes iniciados de A a D –  segunda (3);
  • E a I –  terça (4);
  • J a L – quarta (5);
  • a O –  quinta (6);
  • a Z –  sexta (7).

Para retirada do cartão, o beneficiário deve comparecer à agência portando documento de identificação com foto e CPF. O cartão pode ser desbloqueado diretamente na agência bancária ou por meio da Central de Atendimento, no telefone 3029-8440.

LEIA TAMBÉM -   Escolas de Ceilândia recebem projeto de arte-educação

O desbloqueio do cartão e acompanhamento do saldo poderá ser feito por meio do aplicativo BRB Social. O valor do benefício é de R$ 250 por família, e pode ser utilizado apenas na função débito em estabelecimentos que comercializam produtos alimentícios.

*Com informações da Sedes

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: