TCDF nega cautelar para suspender novo Regimento Interno da Rede Pública de Ensino

TCDF nega cautelar para suspender novo Regimento Interno da Rede Pública de Ensino
Imagem reprodução web

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Na sessão ordinária desta terça-feira, dia 23 de julho de 2019, o Tribunal de Contas do Distrito Federal decidiu negar pedido de cautelar do Ministério Público junto ao TCDF (MPjTCDF) para suspender os efeitos da Portaria nº 180/2019, que instituiu o novo Regimento Interno da Rede Pública de Ensino do DF.

Na mesma decisão, o TCDF decidiu apenas ouvir a Secretaria de Estado de Educação do DF para garantir os princípios da ampla defesa e do contraditório. A SEE/DF têm três dias para se manifestar sobre as alterações feitas pela norma. 

A Portaria nº 180/2019 foi publicada no Diário Oficial do DF do dia 31 de maio de 2019. Entre as medidas previstas no novo regimento estão a possibilidade de revista nos pertences de alunos, cobrança rígida para garantir o uso do uniforme, punição para evitar atrasos e a proibição do consumo de cigarros nas instalações escolares. 

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: