O Diário de Ceilândia é um projeto social baseado no jornalismo colaborativo que surgiu da necessidade de democratizar a informação, importante alternativa para promover e ampliar o debate sobre as relações entre comunicação, educação e comunidade. Tendo em vista a manipulação de informação pelas grandes empresas de comunicação que dominam o mundo, a comunicação comunitária veio para dar voz às pessoas que por causa dessa manipulação não conseguem se expressar e expor seus problemas.

Com a falta de um jornal voltado exclusivamente para os moradores da região administrativa de Ceilândia, em outubro de 2010 foi fundando o Jornal Comunitário Diário de Ceilândia. Um site de notícias que mesmo sendo pequeno, procura cumprir o compromisso de levar aos leitores, informação de qualidade, produzida com independência e editada com profissionalismo, nas mais variadas plataformas em defesa dos interesses do morador.

O Diário de Ceilândia retrata o cotidiano da cidade de Ceilândia através do olhar de quem mais conhece o lugar: os moradores.