Delegacia de Ceilândia procura foragida que aplicava golpe do falso aluguel

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Nesta quarta-feira (10), policiais da 24ª delegacia de polícia prenderam na QNQ 02, em Ceilândia, uma mulher acusada de aplicar o golpe do falso aluguel.

A mulher presa, juntamente com a irmã, Daniela Silva Lisboa, que está foragida, o ex-companheiro e dois sobrinhos, são acusados de integrar uma organização criminosa que aplicava golpes alugando imóveis que não lhes pertenciam. As investigações tiveram o seu término no ano de 2018 e a operação foi batizada de Falsa Sua (em latim, falso aluguel).

Daniela Silva Lisboa – Foragida da Justiça

As investigações apontaram que o grupo visitava imobiliárias e pegava as chaves dos imóveis que estavam para locação e as copiava. Logo em seguida, anunciavam os respectivos imóveis em paredes ou mercados de grande movimentação. Os interessados passavam a fazer contato diretamente com os estelionatários, os quais mediante fraude, alugavam o imóvel e auferiam o dinheiro que era depositado em contas previamente determinadas.

“Já foram apurados 20 procedimentos em que o grupo agiu, nas cidades de Ceilândia, Samambaia, Riacho Fundo, Taguatinga e Sobradinho, totalizando um prejuízo de mais de R$ 3 mil. Daniela Silva Lisboa,
considerada uma das mentoras da organização, está com o mandado de prisão preventiva em aberto, isto é, ainda se encontra foragida”, destacou o delegado-chefe da 24ª DP, Ricardo Viana.

Com informações da PCDF

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: