Grafiteiro espancado por skinheads em Ceilândia deixa UTI

Grafiteiro espancado por skinheads em Ceilândia deixa UTI

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Após ser espancado em Ceilândia, o grafiteiro Jhamau Sant’Anna (foto em destaque), de 23 anos, apresentou melhora e deixou, no domingo (18/08/2019), o leito da unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital particular onde está internado. O quadro de saúde dele é considerado estável, mas não há previsão de alta hospitalar. As informações são do site Metrópoles.

A informação foi confirmada ao Metrópoles por pessoas próximas do jovem. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Jhamau teria sido agredido na noite de sexta-feira (16/08/2019) por dois integrantes de um grupo de skinheads.

Em nota, a 19ª DP disse que foi ao Hospital Regional de Ceilândia (HRC) para colher informações, mas a equipe foi informada de que a vítima havia deixado o local no sábado (17/08/2019), por volta das 12h18. Em contato com o pai do grafiteiro, a PCDF foi informada de que o rapaz estaria internado em uma unidade particular do Plano Piloto. Matéria completa do Metrópoles aqui.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: