Grileiro é condenado por homicídio em Ceilândia

Júri de Ceilândia condena irmãos por tentativa de homicídio

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Ceilândia obteve, na última sexta-feira, 8 de novembro, a condenação de Sérgio Rolim de Oliveira por homicídio duplamente qualificado. Conhecido como Sérgio da Hilux, ele cumprirá pena de 16 anos e 6 meses de reclusão em regime inicial fechado.

A vítima, Tony Carlos de Azevedo Amâncio, foi morta a tiros na QNP 5, em Ceilândia, em 4 de janeiro de 2015. Sérgio foi o mandante do crime. Os dois disputavam a venda de lotes irregulares no Setor Sol Nascente.

Os jurados aceitaram as qualificadoras apresentadas pela Promotoria: motivo torpe e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. Sérgio já havia sido condenado pelo assassinato da esposa e da filha de Tony. O crime ocorreu em 30 de abril de 2015 e também estava relacionado à disputa pelo comércio ilegal de terrenos. A filha de Tony tinha 3 anos de idade.

*Com informações do MPDFT

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: