Homem morre baleado após resistir à abordagem policial em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Um homem de 33 anos foi morto após ser baleado por policiais, em uma tentativa de abordagem, na QNM 24, em Ceilândia Norte. Segundo a Polícia Civil do DF, na noite terça-feira (27), o plantão da 15ª Delegacia de Polícia recebeu chamado de um policial civil, via rádio, solicitando apoio com prioridade para atendimento de uma situação de resistência. De acordo com a ocorrência, um homem de 33 anos, estava totalmente alterado e visivelmente sob efeito de alguma substância entorpecente e portava uma faca e um pedaço de espelho. O envolvido entrou em um dos apartamentos do conjunto C da QNM 24, sem roupa, quando tentou investir contra uma mulher.  

Em decorrência da ação do homem, os policiais necessitaram utilizar a força e assim fizeram de maneira progressiva. Inicialmente, utilizaram o Taser/Spark, que não foi suficiente para conter o agressor. Utilizaram algemas, mas o envolvido conseguiu romper uma das algemas. Após várias tentativas de deter o envolvido e por ameaçar e colocar em risco a integridade dos policiais, moradores e testemunhas, foi necessário o uso de meios mais eficazes para conter o agressor, sendo efetuado um disparo de arma de fogo, que atingiu a sua perna esquerda.

Mesmo baleado, o homem continuou a investir contra os policiais. Na residência, também  foi encontrada substância entorpecente, sendo devidamente apreendida e encaminhada a exame pericial.  De imediato, o CBMDF foi acionado, compareceu ao local para prestar o socorro necessário. Apesar dos esforços dos socorristas, o homem veio a óbito no local. A 15ª delegacia apura os fatos.  

Com informações da PCDF

5 Comments

  • Avatar
    João lucas , 28 de agosto de 2019 @ 11:45

    Isso ai e motivo pra vcs matar o cara seus pilantra

  • Avatar
    Gustavo Moura , 28 de agosto de 2019 @ 13:41

    Totalmente errado , muita falta de profissionalismo não conseguir conter uma pessoa esses aí só sabem atirar mesmo….

  • Avatar
    neilton siqueira , 28 de agosto de 2019 @ 22:12

    Os policiais estão certíssimo partir do momento que uma pessoa por em risco a integridade de outras e na bala mesmo , só vagabundo defende vagabundo . Queria ver se fosse vocês se não ia atirar principalmente se ele envestisse em uma mulher ,

  • Avatar
    Lucas Orlando , 29 de agosto de 2019 @ 09:38

    Fizeram o trabalho certo. Parabéns pela ação. Se não seria pior. Ele podia ir pra cima de outra vítima ou até mesmo em cima do policial. Se fosse nós Estados Unidos seria a mesma coisa. Sentiu se ameaçado e autorizado a se defender. Parabéns.

  • Avatar
    Claudia Ribeiro Silva , 30 de agosto de 2019 @ 12:38

    Boa tarde, quem estava passando e viu a situação, sabe que os policiais fizeram de tudo para desarmá-lo sem sucesso. Muito agressivo, muito bravo, eu vi o homem estava furioso… babava… fizeram de tudo.
    Não havia outro jeito.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: