Mais um envolvido em tentativa de latrocínio de PM em Ceilândia

Mais um envolvido em tentativa de latrocínio de PM em Ceilândia é preso
O veículo utilizado na tentativa de latrocínio, um Fiat Marea preto, foi apreendido

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Mais um envolvido na tentativa de latrocínio (roubo com morte) de um sargento da Polícia Militar está preso. O crime ocorreu em 20 de junho, em um posto de gasolina de Ceilândia. Diogo Viana da Silva, 34 anos, foi encontrado em uma chácara, em Planaltina. Ainda no mês passado, Rafael Alves Ribeiro, 41, também acusado de atirar na vítima, acabou detido. Um terceiro envolvido, Silas Muniz dos Santos, 19, está foragido. A investigação é da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O). As informações são do Correio Braziliense.

Segundo o delegado-chefe Ricardo Viana, durante a apuração do caso, agentes conseguiram indicar que o trio integra uma quadrilha especializada em roubos a pedestres e latrocínios. Eles são suspeitos de cometerem ao menos dois delitos na região administrativa, informou o Correio Braziliense.

Silas Muniz dos Santos, 19, está foragido. Denúncias podem ser feitas pelo 197


“Eles agiam juntos, sendo que Diogo era responsável por dirigir o veículo utilizado nos crimes. Diogo e Silas eram os executores dos assaltos. Eles desciam armados com pistolas e, sob grave ameaça, as vítimas entregavam os pertences. No dia 20 (de junho), eles tinham realizado um roubo na QNO 13 e seguiram para a QNO 15, onde realizaram a tentativa de latrocínio”, afirma Ricardo Viana. Matéria completa do Correio Braziliense aqui.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: