Nova Delegacia da Mulher vai funcionar em Ceilândia

Nova Delegacia da Mulher vai funcionar em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Como parte da política para o enfrentamento do feminicídio e da violência contra a mulher, duas unidades policiais voltadas para o atendimento deste público foram anunciadas nesta semana. Ceilândia, uma das cidades mais populosas do Distrito Federal, passará a contar com a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher II (Deam II) e com o Núcleo Regional de Perícias – Base Ceilândia.

As novas unidades funcionarão nas dependências da 15ª Delegacia de Polícia. Para que isso ocorra, estão sendo feitas adaptações dos espaços físicos para dar inicio aos atendimentos. A DEAM II deverá estar pronta em pouco mais de um mês. Já para o Núcleo de Perícia começar a funcionar será necessário uma obra um pouco mais invasiva.

Para o secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, delegado Anderson Torres, o local será importante para o enfrentamento desse tipo de violência, prioridade para a pasta no próximo ano. “No ano passado abrimos o debate para este problema. Fizemos um estudo que serve de base para as polícias definirem estratégias. A descentralização beneficiará as mulheres que muitas vezes não tem condições de procurar uma unidade policial mais distante. Hoje, a PCDF conta com um serviço robusto e vasta expertise em protocolos de acolhimento às vítimas de violência.

As unidades irão descentralizar a prestação dos serviços, mas o diretor-geral da PCDF, Robson Cândido enfatiza que é possível registrar ocorrência em todas as delegacias circunscricionais e na Deam I, localizada na Asa Sul, como explica . “Todas as unidades estão aptas a realizar o registro de ocorrrência. Já em relação ao Núcleo Regional de Perícias será possível fazer perícias em vítimas de violência doméstica, de lesões corporais, toxicologia e sexologia. Há previsão de que perícias em veículos também possam ser feitas no local”.

*Com informações da SSP

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: