Polícia investiga denúncia de maus-tratos em creche de Ceilândia, diz jornal

Polícia investiga denúncia de maus-tratos em creche de Ceilândia, diz jornal

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Polícia Civil investiga um caso de maus-tratos a crianças em uma creche particular conveniada à Secretaria de Educação. Câmeras de segurança do Instituto Paz e Vida, localizado no P Sul, em Ceilândia, registraram o momento em que uma monitora aperta o braço de uma criança, aponta o dedo na cara dela e, em seguida, a coloca em uma cadeira. As informações são do Correio Braziliense.

A suposta agressão ocorreu na tarde desta segunda-feira (21/10), por volta de 13h30. “Era um horário em que as professoras estavam no almoço. É possível ver que ela age de forma ríspida, talvez por falta de profissionalismo ou orientação”, afirma o titular da 23ª Delegacia de Polícia (P Sul), Danilo Augusto, que investiga o caso. “Visivelmente,  ela se mostra impaciente e aponta o dedo na hora de falar. A expressão das crianças é de medo.” 

A reportagem do Correio Braziliense esteve na creche para falar com o diretor da unidade. Ele negou o ocorrido e esclareceu que irá se posicionar apenas após a investigação da polícia. A Secretaria de Educação informou em nota oficial que irá apurar o caso. “A instituição é parceira, possui câmeras em todas as salas e atende 250 crianças de 0 a 3 anos. A direção da instituição colocou as imagens à disposição das autoridades competentes”, diz o texto. Matéria completa do Correio Braziliense aqui.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: