...
 

Abertas mais de 6,2 mil vagas para cursos gratuitos do Senai-DF

Por meio de uma parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAPDF), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-DF) lançou os dois primeiros editais do DF Inova Tech. A publicação dispõe sobre vagas nos cursos técnicos e de qualificação e aperfeiçoamento.

O programa vai reforçar a inovação e a qualificação de mão de obra para o setor produtivo, principalmente nas áreas voltadas à indústria 4.0, ampliando o alcance da educação profissional. Em três anos, serão 46,2 mil vagas gratuitas. Pelo menos 15% de cada turma será formada por estudantes de baixa renda. Os editais começarão em datas diferentes, de janeiro a agosto.

Os cursos, todos presenciais, são das áreas de automação industrial, construção civil, eletroeletrônica, energia GTD (geração, transmissão e distribuição de energia), energias renováveis, gráfica e editorial, metalmecânica e tecnologia da informação. Há opções nos turnos matutino, vespertino e noturno.

Cursos técnicos

As inscrições para os cursos técnicos vão até o dia 20 deste mês (sexta-feira). São 1.039 vagas, distribuídas entre as unidades do Setor de Indústrias Gráficas (SIG), do Gama e de Taguatinga. O início das aulas está previsto para 3 de fevereiro de 2020.

As vagas são para maiores de 16 anos que estejam cursando a partir da segunda série do ensino médio ou que tenham concluído os estudos em escola pública – ou na condição de como bolsista, em escola particular.

Com uma média de 800 a 1.440 horas-aulas (até dois anos e seis meses), os cursos técnicos têm currículo estruturado a partir das necessidades do mercado de trabalho. Ao término, o estudante recebe um diploma de habilitação técnica.

Na segunda fase, os candidatos terão de comparecer à escola indicada para fazer, em um computador, uma prova objetiva online de conhecimentos gerais de Português e de Matemática. As avaliações ocorrerão de 6 a 12 de janeiro de 2020 — a data varia conforme o curso escolhido. Os interessados responderão a 20 questões, e a correção será eletrônica.

A lista dos selecionados será divulgada em 16 de janeiro no site do Sistema Fibra/Senai. A matrícula para esses alunos começa em 20 de janeiro, na central de atendimento da unidade indicada. Se algum dos aprovados não tiver a matrícula confirmada, a vaga irá para o próximo candidato mais bem-colocado. O critério de desempate será a maior idade.

Qualificação e aperfeiçoamento

Os interessados em cursos de curta duração, que têm carga de 40 a 240 horas-aulas (dois meses, em média), poderão optar pelos de qualificação ou de aperfeiçoamento. A primeira modalidade tem o objetivo de inserir o aluno no mercado de trabalho ou de lhe permitir uma recolo