...
 

Editais abrem mais de 6 mil vagas em cursos gratuitos no Senai

A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF investe R$ 25 milhões em qualificação profissional para a população

Agência Brasília

O governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF (Secti) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF) lançou, nesta semana, 6.135 vagas em cursos gratuitos. Há oportunidades em cursos técnicos, de qualificação e de aperfeiçoamento profissional.

São 4.130 vagas do Programa Senai de Gratuidade Regimental e outras 2.005 do DF Inova Tech, uma parceria da instituição com o governo local, por meio da Secti e da Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAP-DF). O prazo para inscrição termina em 30 de setembro ou até o preenchimento das vagas.

“Nossa missão é qualificar todos para o mercado de trabalho. Nós, do GDF, temos um compromisso com o futuro profissional do aluno. Já entregamos 521 certificados e foram formadas 42 turmas. Temos uma estimativa de oferecer 6 mil vagas até o final do ano de 2021. E uma perspectiva de formar 20 mil alunos até 2022”, ressalta Gilvan Máximo, secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF.

Nos editais, há previsão de data para início das aulas, porém o Senai-DF convocará os inscritos para matrícula quando as turmas atingirem a quantidade mínima de alunos.

São cursos nas áreas de Alimentos, Automação Industrial, Automotiva, Construção Civil, Domótica, Eletroeletrônica, Energia GTD (geração, transmissão e distribuição de energia), Energias Renováveis, Gestão, Gráfica e Mídias Impressas e Digitais, Madeira e Mobiliário, Metalmecânica, Telecomunicações, Tecnologia da Informação e Vestuário. Há vagas nas escolas de Brasília, que fica no Setor de Indústrias Gráficas (SIG), do Gama, de Sobradinho e de Taguatinga.

Há opções de turmas nos turnos matutino, vespertino e noturno, nas modalidades a distância, semipresencial — com 80% da carga horária a distância e 20% de forma presencial — e presencial. No entanto, enquanto prevalecer a necessidade da adoção de medidas para evitar a disseminação da covid-19, as turmas ocorrem a distância. Algumas contam com apoio de recursos tecnológicos ou com atividades presenciais para a parte prática do curso.