...
 

Fernando Fernandes deixa comando da Administração Regional de Ceilândia

Fernando Fernandes retorna hoje às atividade legislativas depois de pedir seu afastamento no comando da Administração Regional de Ceilândia. É entendido que, para votar a LOA no fim do ano, todo parlamentar ausente da Casa volta para destinar suas emendas. Por isso, todos sabiam que o administrador retornaria à CLDF, mas o regresso antecipado pegou até parlamentares aliados de surpresa.

Nos bastidores, se comenta que Fernandes deixa a administração da Ceilândia por considerar que recebeu promessas que não se cumpriram. A coordenação da saúde e da diretoria regional de ensino estariam dentre os combinados não concretizados.

Novo administrador

O advogado Marcelo Martins da Cunha, mais conhecido como Marcelo Piauí, será o novo administrador de Ceilândia. A informação foi confirmada ao site Metrópoles nesta terça-feira (12/11/2019) por integrantes do Palácio do Buriti. Atualmente, ele ocupa o cargo de secretário-adjunto da Casa Civil do Distrito Federal. A nomeação está prevista para sair nas próximas edições do Diário Oficial (DODF). A informação foi confirmada pelo chefe do Executivo local.

Cunha permanecerá no cargo até que o titular do Palácio do Buriti escolha o nome definitivo para comandar a cidade mais populosa do Distrito Federal. O deputado distrital Fernando Fernandes (Pros) pediu exoneração do cargo e retornará à Câmara Legislativa (CLDF). O parlamentar deu entrada no pedido junto à presidência da Casa nesta terça-feira (12/11/2019). Com a chegada dele, a suplente Telma Rufino (Pros) deixa o cargo. Ela o substituiu por 11 meses, desde o início do mandato.

Com informações do Jornal de Brasília e Metrópoles

#AdministraçãoRegionaldeCeilândia #FernandoFernandes

0 visualização0 comentário