...
 

Festival Regional Itinerante de Repentistas reúne novos talentos e artistas consagrados

Em edição online, transmitida da Casa do Cantador, nos dias 16, 17 e 18 de julho, o evento competitivo homenageia expoentes do estilo que está no DNA do Distrito Federal

O Festival Regional Itinerante de Repentistas do DF e Entorno ganhou este ano uma versão totalmente online, por conta da pandemia de Covid-19. Desta vez, o público de diferentes lugares poderá acompanhar as apresentações das etapas classificatória e final, nos dias 16, 17 e 18 de julho, transmitidas da Casa do Cantador, via Youtube e Facebook. Além da competição, o evento traz artistas de destaque do repente. As apresentações terão interpretação em Libras.

Dias 16 e 17 de julho, na etapa classificatória, 12 repentistas formarão duplas, que serão julgadas para seleção de três duplas finalistas, que vão disputar primeiro, segundo e terceiro lugares, no dia 18 de julho. Além dos concorrentes, todas as lives terão também a participação especial de repentistas consagrados: Chico de Assis, Edmilson e Lisboa, Mocinha de Passira, Minervina Ferreira e Irmãos Silva compõem a programação. O júri do evento é formado por João Bosco, Lília Diniz, Rene Bomfim e Donzílio Luiz

O Festival deste ano envolveu a comunidade escolar de Ceilândia, tendo alunos das escolas CED 11, CEM 09 e CEF Boa Esperança no júri popular na fase eliminatória da competição, em abril deste ano. A iniciativa incluiu também oficinas de Poesia Popular, em aulas gravadas, além de livretos de Cordel, disponibilizados no site do projeto. O evento tem direção de João Santana e realização da Associação dos Cantadores Repentistas e Escritores Populares do DF e Entorno (Acrespo), em parceria com a Casa do Cantador. O patrocínio é do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC).

O Repente, originário do Sertão do Nordeste, está presente no Distrito Federal desde a construção de Brasília, quando os candangos o trouxeram consigo em sua bagagem cultural. Hoje essa arte secular é admirada não só por nordestinos e descendentes, mas por todos os apreciadores da cultura popular. Jovens repentistas despontam como grandes improvisadores, com vocabulário e abordagem modernas e com total domínio das regras rígidas de métrica e rima que caracterizam a cantoria.

Repente feminista

O repente é um estilo artístico historicamente dominado pelos homens. Mas o gênero também é representado por exímias improvisadoras. Esta edição do festival contará com a pernambucana Mocinha de Passira, 75 anos de idade e 59 de carreira. A artista que fugiu de casa para cantar, registra em suas cantorias e álbuns o combate ferrenho ao machismo e é o único nome da cantoria de viola agraciado como Patrimônio Vivo de Pernambuco.

Outra artista de grande expressão na programação do festival é a paraibana Minervina Ferreira, repentista há mais de 40 anos. Com 5 discos gravados, ela participa de festivais e eventos pelo Brasil. A convite de Ariano Suassuna, em 1996, participou da grande cantoria “Louro do Pajeú” no Teatro do Parque do Recife, que também teve a presença de Mocinha de Passira.

Repentistas classificados

Valdenor de Almeida, Vernior de Almeida, Jonas Andrade, Zé Moacir, Nelson Martins, Messias Oliveira, Ramalho de Oliveira, Geraldo Queiroga, Osnil Soares, Nelsom Santos, Zé de Lima e Chico Brazlândia.

Atrações especiais

CHICO DE ASSIS

O repentista e apresentador do festival deste ano é natural de Alexandria (RN). Foi radialista e participou de mais de 300 festivais de Repente. Como diretor da Casa do Cantador do Brasil realizou eventos regionais e nacionais de Repentistas. Ministrou oficinas de poesia popular em escolas, universidades, presídios e várias instituições no Brasil, no Timor Leste e em Cuba. Tem participação em 5 livros, 26 cordéis e 7 discos.

MOCINHA DE PASSIRA

Maria Alexandrina da Silva nasceu em Passira (PE), tem 72 anos de idade e quase 60 como violeira repentista. Destaca-se com repentes de combate ao machismo respondendo aos versos em desafios a cantadores que, na maioria das vezes, perdem o rumo do embate poético. Fez seus primeiros versos aos 13 anos de idade e aos 16 fugiu de casa para seguir carreira no repente. Mocinha participou de aproximadamente 600 festivais de repentistas em todo Brasil e gravou seu primeiro disco há 42 anos em parceria com Diniz Vitorino e os irmãos Otacílio e Dimas Batista. Depois disso foram mais 15 álbuns lançados.

MINERVINA FERREIRA

A repentista iniciou sua carreira no início na década de 1970, gravou cinco discos e se apresenta em festivais e eventos por todo o Nordeste. A convite de Ariano Suassuna, em 1996, participou da grande cantoria “Louro do Pajeú” no Teatro do Parque do Recife, com Mocinha de Passira, Oliveira de Panelas e Otacílio Batista. Também participou do projeto “Toadas Nordestinas” fazendo parceria com Mocinha de Passira no Centro Cultural Banco do Nordeste da cidade de Sousa (PB).

EDMILSON E LISBOA

Antônio Lisboa nasceu em Marcelino Vieira (RN) e Edmilson Ferreira é de Várzea Grande (PI). A dupla tem mais de vinte anos de carreira e contabiliza mais de 300 vitórias em festivais, gravou 30 discos, 18 DVDs e realizou três turnês na Europa.

IRMÃOS SILVA

Os irmãos Jairo e Jeferson Silva são dois jovens piauienses de 28 e 24 anos respectivamente. Filhos de repentista amador, a dupla é uma grande revelação da história do Repente. Iniciaram a carreira em 2009, reforçando um dos fenômenos recorrentes da história da Cantoria, o surgimento de excelentes repentistas ainda na adolescência.

MAMULENGO FUZUÊ – TEATRO DE BONECOS

Mamulengo Fuzuê é brincadeira aprendida com as tradições, é palhaço na rua, é boneco na tolda, é poesia e teatro popular que celebra a arte para despertar a transformação. O grupo nasceu no Ponto de Cultura Invenção Brasileira, em 2007, em Taguatinga (DF). São mais de 10 anos percorrendo o país em festivais e encontros de celebração da vida e na convivência com mestres, mestras e brincantes desse Brasil.

Jurados

DONZÍLIO LUIZ

O poeta, repentista e escritor é reconhecido como Mestre Griô pelo Ministério da Cultura. Tem 10 livros publicados, diversos folhetos de cordel, discos gravados e participação em coletâneas culturais. Donzílio está incluído no Dicionário Biobibliográfico de Escritores Brasileiros Contemporâneos e é membro da Academia Taguatinguense de Letras (ATL), da Academia Ceilandense de Letras e Artes Populares (ACLAP) e da Academia de Trovadores de Brasília.

LILIA DINIZ

A poeta, atriz, dramaturga, produtora e arte-educadora é reconhecida pelo seu atrelamento às raízes nordestinas, por entoar versos e cantigas em performances de “louvação” aos falares, comportamentos e tradições dos povos dos interiores do Brasil. Com cinco títulos publicados, a autora costuma dizer que foi alfabetizada artisticamente pela Literatura de Cordel.

RENE BOMFIM

Músico baiano radicado em Brasília, é pesquisador da Cultural Popular Brasileira em todas as suas vertentes e traz no seu espírito mambembe, o mamulengo, a música regional nordestina, o folclore e as manifestações populares, atuando em ritmos como o forró pé de serra, a seresta, o samba e o bumba meu boi.

JOÃO BOSCO

O poeta e pesquisador cearense de Novo Oriente vive em Brasília desde 1972 e é autor de 28 livros, entre poesia, cordéis e ensaios. Romance do Vaqueiro Voador (2004); in feito (2009); e A Botija Encantada (DCL, 2016) são três desses títulos. Com doutorado em Linguística, em que pesquisou o cordel, ministra oficinas de letramento literário e é curador de eventos de literatura.

Serviço – Festival Regional Itinerante de Repentistas do DF e Entorno

Apresentação: Chico de Assis

Jurados: João Bosco, Lilia Diniz, Rene Bomfim e Donzílio Luiz

Classificação indicativa: Livre

Apresentações com interpretação em LIBRAS

Etapa – Classificatória

Data: 16 de julho

Hora: 20h

Transmissão:

https://www.facebook.com/casadocantador.palaciodapoesia

https://www.youtube.com/channel/UCazsPoVQ5plc7rQ7DkgYjXg

Atrações especiais: Edmilson e Lisboa

Data: 17 de julho

Hora: 20h

Transmissão:

https://www.facebook.com/casadocantador.palaciodapoesia

https://www.youtube.com/channel/UCazsPoVQ5plc7rQ7DkgYjXg

Atrações especiais: Mocinha de Passira e Minervina Ferreira

Etapa – Final

Data: 18 de julho

Hora: 20h

Transmissão:

https://www.facebook.com/casadocantador.palaciodapoesia

https://www.youtube.com/channel/UCazsPoVQ5plc7rQ7DkgYjXg

Atrações especiais: Irmãos Silva (repentistas) e Mamulengo Fuzuê (teatro de bonecos)

#CasadoCantador #Cultura #Festivaldemúsica #música

14 visualizações0 comentário