...
 

GDF Libera lista de beneficiários do Cartão Gás

No site GDF Social, é possível confirmar o direito, consultar data, horário e agência do BRB onde será retirado o cartão, a partir do dia 29


GDF Libera lista de beneficiários do Cartão Gás
Crédito: Reprodução.

Está liberada a consulta à lista de beneficiários do Cartão Gás. Quem se inscreveu no mês passado já pode confirmar se terá direito ao benefício no site do GDF Social. Com a gestão das Secretarias de Desenvolvimento Social (Sedes) e de Economia (SEEC), o Cartão Gás vai atender 70 mil famílias em situação de vulnerabilidade social do Distrito Federal. A cada dois meses, os beneficiados vão receber um auxílio no valor de R$ 100 para a aquisição de botijão de cozinha de 13 kg.


O Banco de Brasília (BRB) será o responsável pela distribuição dos cartões a partir do dia 29 de setembro. Ao fazer a consulta no GDF Social, se tiver o nome confirmado, o beneficiário tem que anotar a data, o horário e a agência onde vai ser retirado o cartão para crédito do benefício.


As agências foram definidas seguindo a localidade mais próxima do endereço informado no ato do cadastro.


“É importante que o beneficiário fique atento à data para retirada do Cartão Gás nas agências do BRB. Se em quatro meses ele não pegar o cartão e não utilizar o crédito, perde o benefício, conforme regulamento do programa”, reforça o coordenador de Gestão de Transferência de Renda e Cadastro Único da Sedes, Guilherme Aleixo.


Para efetuar o saque, os participantes vão usar o cartão na função débito, nos estabelecimentos cadastrados no programa, para compra exclusiva do botijão. Segundo a lei sancionada, o Cartão Gás tem previsão inicial de 18 meses.

Tem direito ao Cartão Gás as pessoas inscritas no Cadastro Único até o dia 17 de julho de 2021, com renda familiar per capita de até meio salário mínimo, que tenha declarado comprometimento de renda com a aquisição do GLP 13 kg, morador do DF, com idade igual ou superior a 16 anos. Além dos pré-requisitos, foram estabelecidos critérios para pagamento do benefício, como explica a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.


Agência Brasília

5.756 visualizações0 comentário