...
 

MPDFT denuncia por homicídio doloso autora de atropelamento em Ceilândia

A 5ª Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Ceilândia denunciou, nesta quarta-feira, 1º de abril, a motorista Luzia Ferreira de Assis pela morte do ciclista Jailson Barbosa de Oliveira. O crime ocorreu em janeiro e ficou constatado que a autora tinha consumido álcool e cocaína na data do crime.

O Ministério Público requereu à Justiça que a acusada responda perante o Tribunal do Júri por homicídio doloso e embriaguez ao volante. Também pediu a fixação de valor mínimo para a reparação dos danos decorrentes da morte da vítima.

O crime

O crime ocorreu na madrugada de 25 de janeiro na DF-459, via que liga a Cidade Estrutural a Ceilândia. Luzia Ferreira, mesmo sem habilitação e sob influência de álcool e cocaína, trafegava de carro quando perdeu o controle e atingiu de frente o ciclista Jailson Barbosa, 34 anos. A vítima faleceu dois dias depois do crime, em decorrência de politraumatismo ocasionado pelo atropelamento.

Processo 2020.03.1.000959-0

#AtropelamentoemCeilândia #homicídiodoloso #MPDFT

1 visualização0 comentário