...
 

ONU e Secretaria de Saúde distribuem kits de higiene para moradores de rua do DF

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) forneceu para a Secretaria de Saúde do Distrito Federal mil kits contendo artigos de higiene pessoal e íntima, conhecidos como Kits Dignidade, que serão distribuídos à população em situação de rua do Distrito Federal, além de mulheres sobreviventes de violência, a partir da próxima segunda-feira (1). O objetivo é diminuir o impacto da COVID-19 entre essas pessoas, facilitando o acesso a itens como sabonete, creme dental, álcool em gel e absorventes íntimos.

Integram os kits, ainda, três mil máscaras de pano e toalhas, produzidas em parceria com o projeto Fábrica Social Jardim Botânico, do Movimento Comunitário Jardim Botânico, por famílias brasileiras, migrantes e refugiadas.

De acordo com o coordenador de Atenção Primária à Saúde (Coaps) do Governo do Distrito Federal (GDF), Dr. Fernando Erick Damasceno, os kits serão entregues pelas equipes de saúde primária dos Consultórios de Rua, uma iniciativa da Secretaria com a SEDES, com foco em mulheres. Também serão distribuídas unidades para mulheres sobreviventes de violência doméstica que estão em situação de proteção e adolescentes do sistema socioeducativo. Será dada preferência àquelas pessoas que ainda não tiveram acesso a nenhum outro tipo de benefício do governo ou abrigamento. “Por mais que pareça algo simples, muitas pessoas não têm acesso a um sabonete que seja, ferindo sua dignidade. Essa parceria é muito assertiva e vem em ótima hora”, detalha.

A entrega dos Kits no Distrito Federal faz parte de uma estratégia nacional do Fundo de População da ONU para ajudar a prevenir a doença da COVID-19 entre as pessoas em situação de maior vulnerabilidade, principalmente mulheres grávidas. Estão sendo investidos, neste momento, aproximadamente R$ 500 mil em recursos próprios e outros recursos estão sendo em mobilizados junto à iniciativa privada para ações como essa.

“A entrega de Kits Dignidade é realizada pelo Fundo de População da ONU no mundo inteiro, sempre que identificada a necessidade de proteção e auxílio. O objetivo é garantir que as pessoas tenham acesso a informações e produtos que a ajudem a se prevenir da COVID-19, assim como o restante da população”, explica Astrid Bant, representante do Fundo de População das Nações Unidas no Brasil.

Com informações Secretaria de Saúde do Distrito Federal

#moradoresderuadoDF #ONU #SecretariadeSaúde

0 visualização0 comentário