...
 

Saúde entrega bloco reformado da Farmácia de Alto Custo de Ceilândia

A Secretaria de Saúde (SES) entregou à população, nesta quarta-feira (19), a conclusão da reforma do Bloco A da Farmácia de Alto Custo de Ceilândia, que foi totalmente reestruturada. Com as mudanças feitas no prédio, a unidade, utilizada para dispensação de medicamentos, poderá aumentar a capacidade de atendimento de 12 mil para 16 mil pacientes por mês.

Isso será possível graças à reorganização do espaço, que anteriormente contava com 12 guichês e agora passa a ter 16. Outro ganho foi a reativação de dois consultórios para atendimento de farmácia clínica, totalizando quatro salas.

Dupla checagem

A modernização do espaço ainda permitiu a redistribuição de setores envolvidos na dispensação e a criação de um novo local a ser utilizado, exclusivamente, para separação dos medicamentos a serem entregues. Esse setor será responsável pela segunda checagem dos remédios junto ao paciente, com o objetivo de aumentar a segurança no processo.

“Isso garante a entrega do medicamento de forma mais segura e eficaz, evitando possíveis falhas ou trocas. Isso traz um grande ganho para a Farmácia de Alto Custo e para os pacientes”, pontuou o secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Ricardo Tavares.

Próximos passos

O complexo da farmácia de Ceilândia terá, ainda, mais um bloco a ser revitalizado. O espaço será destinado às atividades gerenciais e administrativas e manterá em funcionamento o cadastro de novos usuários e o atendimento a pacientes de insuficiência renal.

“Com mais um bloco reformado, vamos conseguir otimizar o número de guichês e oferecer novos serviços, como atendimento coletivo para atender grupos específicos de pacientes, e promover palestras educativas, entre outras ações”, ressaltou a chefe da Farmácia de Alto Custo de Ceilândia, Aline Chagas.

Atendimento

A Farmácia de Alto Custo de Ceilândia, assim como as do Gama e da Asa Sul, faz parte do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica. Juntas, essas unidades atendem, diariamente, 1.250 pacientes, com funcionamento de segunda a sexta-feira.

Somente em Ceilândia foram dispensados, em janeiro, 253.523 medicamentos de alto custo. A expectativa com a revitalização é que a unidade aumente para cerca de 350 mil itens distribuídos mensalmente.

* Com informações da Secretaria de Saúde (SES)

#blocoreformado #FarmáciadeAltoCustodeCeilândia

1 visualização0 comentário