Após 10 servidores serem contaminados por coronavírus, UTI do Hospital de Ceilândia, passa por desinfecção

UTI do Hospital de Ceilândia está preparada para receber pacientes com coronavírus

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) está funcionando em um espaço na Clínica Médica. A mudança foi necessária para realização de completa desinfecção e descontaminação do espaço original, onde os equipamentos também passarão por manutenção. Além da desinfecção serão feitas adequações emergenciais no espaço.

As medidas para transferência da unidade, com capacidade para dez leitos, começaram a ser tomadas na quarta-feira (13). Seis pacientes estavam internados na UTI. Dois, que precisavam de leitos de UTI com suporte dialítico, foram removidos para os hospitais de Samambaia e Santa Maria. Um teve alta da UTI e foi removido para a clínica cirúrgica e outros três foram removidos no fim da tarde desta quinta-feira (14) para o novo espaço, onde a UTI funcionará nos próximos 15 dias.

A medida se deu após dez servidores da UTI do HRC testarem positivo para a Covid-19. São quatro técnicos de enfermagem, quatro fisioterapeutas, um médico e um enfermeiro. Dois profissionais estão internados e os demais estão recebendo suporte da equipe de medicina do trabalho e cumprirão quarentena de 14 dias, de acordo com protocolos definidos pela Secretaria de Saúde.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Powered by Rock Convert

Veja mais:

LEIA TAMBÉM -   DF ganha clínica da mulher com capacidade para 3.700 atendimentos por mês

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: