Combate à dengue ganha reforço do Corpo de Bombeiros

Combate à dengue ganha reforço do Corpo de Bombeiros

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O Corpo de Bombeiros vai reforçar o combate à dengue no Distrito Federal neste fim de semana. As tendas de hidratação em funcionamento em Brazlândia, Planaltina, Itapoã e Ceilândia receberão reforço de 16 médicos militares no sábado (8). Eles vão atuar das 7h às 19h no atendimento a pessoas com suspeita de dengue, aplicando os testes rápidos para diagnóstico da doença. A expectativa é atender 800 pessoas nessas quatro cidades. A ação, batizada de Mutirão da Saúde de Combate à Dengue, envolve o trabalho de 50 militares.

Cada tenda vai receber dois médicos por turno (manhã e tarde). Além dos médicos, a corporação vai disponibilizar nove farmacêuticos e técnicos, que vão trabalhar no laboratório para fazer a análise do material do teste rápido. Uma ambulância com quatro profissionais também estará disponível para atender os pacientes e encaminhar casos mais graves ao hospital.

Os postos de hidratação funcionam desde 25 de maio em locais escolhidos estrategicamente pela Secretaria de Saúde de acordo com a incidência de casos de dengue. Além das quatro tendas que receberão o mutirão dos Bombeiros, as demais seguem em funcionamento no Guará, Varjão, Estrutural, Sobradinho II, Samambaia e em São Sebastião. Nesses locais, a assistência está sendo prestada por profissionais de saúde capacitados a dar rápida resposta ao cidadão que busca atendimento. Nas tendas, são oferecidas, além do diagnóstico, hidratações oral e venosa, fundamental para o tratamento dos sintomas da doença.

As dez tendas de hidratação espalhadas pelo DF atenderam, até terça-feira (4), 12.286 pessoas. Destas, 8.564 estavam com suspeita de dengue, 2.326 receberam hidratação ou medicação e 269 foram levados para hospitais.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o combate à dengue envolve duas ações: a prevenção e o tratamento. No último sábado (1º), a Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da Secretaria de Saúde, em parceria com os Bombeiros, promoveu o Dia D de Prevenção e Combate ao aedes Aegypti no DF. A ação contou com 350 servidores da Dival e um efetivo de mil homens do Corpo de Bombeiros.

LEIA TAMBÉM -   Saúde prorroga funcionamento das tendas de hidratação

As atividades se concentraram em todas as regiões administrativas do DF, com ênfase em Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Guará, Vicente Pires, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo I, Recanto das Emas e Planaltina. Ao todo, 10.849 imóveis foram vistoriados e havia focos de dengue em 134 deles.

Agência Brasília

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: