Outubro Rosa: carreta faz exames de saúde feminina gratuitamente no Hospital de Base

Outubro Rosa: carreta faz exames de saúde feminina gratuitamente no Hospital de Base
Imagem reprodução web

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O mês de outubro chega com um aviso importante: cuidado com o câncer de mama. O Outubro Rosa, como ficou conhecido, é a época do ano em que várias instituições fazem campanhas para lutar contra essa doença. De acordo com o Ministério da Saúde, esse é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo, ficando atrás somente do câncer de pele não melanoma. Por isso, o Centro Universitário IESB, em parceria com o Sesc, irá disponibilizar uma carreta no estacionamento do Hospital de Base que prestará atendimento à comunidade gratuitamente. Os atendimentos ao público começam a partir do dia 7 de outubro.

De 7 a 31 de outubro, os alunos do curso de Enfermagem irão oferecer serviços voltados para a saúde da mulher como consulta ginecológica, exames preventivos (teste do Papanicolau) e mamografia. Para ter acesso ao serviço, as interessadas devem agendar o atendimento na própria carreta de segunda a sexta, entre 8h e 12h. No dia e hora marcados, a paciente será atendida na unidade móvel do projeto.

Atualmente, o câncer de mama responde por cerca de 25% dos casos novos da doença em mulheres no mundo, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Nos homens, a patologia é muito mais rara, alcançando menos de 1% do total dos doentes. Segundo o Ministério da Saúde, o caso é relativamente raro antes dos 35 anos de idade. Acima desta idade, a incidência da doença cresce progressivamente, em especial, após os 50 anos de idade. Em 2018, o Ministério da Saúde estimou 59.700 novos casos de câncer de mama no Brasil.

Segundo o professor do curso de Enfermagem do IESB que coordena o projeto, Alberto César Da Silva Lopes, a ação, que conta com o apoio do IESB em Ação – Programa de Responsabilidade Social da Instituição – é uma forma de estimular em mulheres menos favorecidas o cuidado com a prevenção. “Essas ações têm potencial para contribuir para a melhoria da saúde da população carente. É uma oportunidade das pessoas se cuidarem”, afirma.

Na carreta, cinco alunos estarão disponíveis por turno (manhã e tarde) para atender a população. Eles serão coordenados por um professor que auxiliará na execução dos exames e separará o material para análise. Os resultados serão enviados para os pacientes. Em caso de confirmação da patologia, serão encaminhados aos devidos atendimentos e o IESB em Ação dará suporte nas áreas da Psicologia, Nutrição, Serviço Social e Enfermagem.

Como participar

Para ter acesso ao serviço, as interessadas devem marcar os exames para mamografia e papanicolau no local do atendimento. Para realizar o agendamento, é preciso apresentar documento de identidade com foto, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência com CEP do Distrito Federal. O serviço é gratuito e serão distribuídas 40 senhas por dia.

Recomendações

  • Exame clínico das mamas a partir dos 40 anos;
  • Mamografia para mulheres entre 50 e 69 anos, com intervalo máximo de dois anos entre os exames;
  • Exame clínico das mamas e mamografia anual, a partir dos 35 anos, para mulheres com risco elevado de câncer.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: