Prejuízo de R$ 5,4 bi: 1.967 UPAs construídas não funcionam no país

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O final do governo de Fernando Henrique Cardoso apresentou o que parecia aos prefeitos dos municípios brasileiros uma solução para o crônico problema da saúde pública. Na época, o Ministério da Saúde compôs um corpo técnico de carreira com o propósito de estudar e encontrar soluções para o Sistema Único de Saúde (SUS). Passados os anos, o grupo transformou-se na Coordenação de Gerenciamento de Projetos (Cogpab). ia matéria completa do Metrópoles aqui.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: