Saúde prorroga funcionamento das tendas de hidratação

Saúde apresenta dados atualizados sobre a situação da dengue no DF

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O funcionamento dos dez centros de hidratação erguidos pelo Governo do Distrito Federal para atender os pacientes com suspeita de dengue será prorrogado até o dia 30 de junho. O prazo poderá ser reduzido caso a demanda apresente expressiva queda.

“As tendas estão cumprindo a sua missão, que é a de resolver mais de 98% dos casos suspeitos de dengue. Nosso objetivo, com essas unidades, foi garantir a assistência ao cidadão”, frisou o subsecretário de Atenção Integral à Saúde, Ricardo Ramos.

De acordo com o gestor, desde o dia 25 de maio, quando entraram em funcionamento, apenas 2% dos que procuraram as tendas necessitaram de remoção aos hospitais. O restante teve sua situação de saúde atendida e resolvida nos centros de hidratação.

Conforme o levantamento da Coordenação de Atenção Primária, em 19 dias de atuação dos profissionais de saúde nas tendas, 21.974 pessoas foram atendidas, sendo que, desse total, 15.550 tiveram notificação de suspeita de dengue.

A produção dessas unidades também resultou na hidratação e medicação de 4.369 pacientes. Em todos esses dias, 452 remoções foram feitas aos hospitais.

Agência Saúde

LEIA TAMBÉM -   Ceilândia recebe centro de hidratação

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: