Vítima denuncia servidora em outro caso de venda de cirurgia no HRT

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Após um esquema de vendas de cirurgia dentro do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) se tornar alvo de um processo administrativo instaurado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal, uma nova denúncia envolvendo a supervisora de emergências do HRT, Ruby Lopes, expôs outra negociação de cirurgia realizada por ela. Segundo uma fonte que preferiu não se identificar, em março deste ano, a servidora pública cobrou R$ 1.250,00 de uma idosa para uma cirurgia no HRT de retirada de pedras na vesícula. Novas gravações, obtidas com exclusividade pelo Jornal de Brasília, reforçam denúncia. Leia matéria completa do Jornal de Brasília aqui.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: