A estranha métrica da publicidade do GDF.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Alô, alô Agnelo! Quem não se comunica se estrumbica

Enquanto a Secretaria de Cultura do Distrito Federal se esforça para abrir a caixa preta dos seus gastos com eventos, uma outra secretaria gasta seus recursos usando critérios que fogem aos princípios básicos da administração: impessoalidade, tecnicidade, eficiência, razoabilidade e proporcionalidade para citar só estes.E com um governo que se comunica errado? Acontece o quê?

Na Secretaria de Estado de Publicidade Institucional do Distrito Federal, os critérios adotados pela pasta para distribuição da verba de publicidade são um mistério.

No trimestre passado, o gasto com divulgação em emissoras de rádio totalizou R$ 3.878.660,21 (três milhões oitocentos e setenta e oito mil e seiscentos reais e vinte um centavos). Os valores foram gastos com um total de 33 emissoras segundo o Diário Oficial de hoje. …
Deste montante, chama a atenção os valores destinados a duas emissoras que totalizam R$ 1.816.199,89 (hum milhão oitocentos e dezesseis mil cento e noventa e nove reais e oitenta e nove centavos), ou seja, os valores destinados às duas emissoras, somam aproximadamente 45% de toda a verba gasta no trimestre passado.
Enquanto a Clube FM, rádio que segundo o Ibope, ocupa o primeiro lugar em audiência na cidade recebeu no trimestre passado R$ 291.556,50, as suas concorrentes que ocupam o segundo e terceiro lugares respectivamente, abocanharam valores que não se sustentam diante de qualquer critério técnico de defesa de mídia.
Curioso também é que a Clube FM recebeu no trimestre, valores quase idênticos a um mês de publicidade recebidos pela rádio que ocupa o terceiro lugar em audiência.
Veja abaixo os dados de audiência do Ibope e confira com a Secretaria de Publicidade gasta o seu dinheiro, sem respeitar os critérios técnicos.
Deve ser por isso que ninguém sabe onde e como o governo gasta tanto dinheiro….












Por Edson Sombra
Fonte: Edson Sombra / Redação com informações do DODF – 13/07/2013

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: