Ação contra o tráfico humano.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus-DF) quer levar informações sobre o tráfico de gente às mulheres da Unidade de Acolhimento Casa Flor. A ideia é que elas conheçam esse tipo de crime, que só agora vem sendo comentado, e não se tornem vítimas. Para isso, a Gerência de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas da Sejus realiza amanhã (15/3), às 10h30, palestra sobre o tema para as abrigadas. A unidade está localizada na QSD, Área Especial nº 09, setor D Sul, Taguatinga Sul.

Segundo a gerente de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas da Sejus, Marta Santos, a intenção é de alertá-las, mesmo que já tenham passado por momentos ruins de violência.
A unidade abriga mulheres em situação de desabrigo, seja por situação de rua, ou sem vínculo com a família, por drogadição ou violência.
Marta Santos alerta que o foco maior do tráfico de pessoas são as mulheres. “Nosso intuito é de levar informação para que tenham mais conhecimento sobre o assunto, eliminando a possibilidade de serem aliciadas”, ressalta Marta. O tráfico de pessoas é uma forma de escravidão. A maioria das vítimas é composta por mulheres, crianças e adolescentes que são aliciadas para exploração sexual ou mão-de-obra escrava. “São mulheres em situação de vulnerabilidade econômica ou social, vítimas da discriminação racial, sem instrução e escolaridade”, ressalta Marta. A Gerência A Gerência de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas tem como objetivo dar visibilidade ao tema, assim como trabalhar com as vítimas desse abuso em âmbito de atendimento psicossocial e jurídico. Faz parte também do trabalho criar mecanismos que estabeleçam a execução de políticas públicas para o enfrentamento do Tráfico de Pessoas, desenvolvendo um trabalho de divulgação e prevenção favoráveis à proteção das vítimas. O trabalho da gerência é realizado de forma multidisciplinar, tendo em seu corpo funcional psicólogo, assessor jurídico e assistente social. O tráfico Apontado como uma das atividades criminosas mais lucrativas do mundo, o tráfico de pessoas faz cerca de 2.5 milhões de vítimas, movimentando aproximadamente 32 bilhões de dólares por ano, segundo dados do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: