Ação Social em Ceilândia atende 1,3 mil pessoas

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Cerca de 1,3 mil pessoas receberam atendimento gratuito de serviços de saúde, estética e odontologia nesta sexta-feira (18), na primeira edição do Juventude em Ação, evento que aconteceu na Escola Técnica de Ceilândia. O programa social foi idealizado pelo Núcleo de Políticas Sociais da Administração Regional em parceria com órgãos públicos e entidades privadas.


Os cidadãos que participaram da ação puderam conferir a pressão arterial, medir o índice de glicemia, fazer consultas odontológicas e nutricionais e ainda cuidar da aparência. Além dos serviços de saúde, os moradores de Ceilândia foram atendidos com corte de cabelo e maquiagem.   

Durante a ação social, a comunidade pode conferir apresentações de grupos culturais da região – com performances de música e dança – e participar de oficinas e debates que abordaram temáticas para os jovens da região sobre espaços para prática de esportes, atividades de lazer e educação para jovens e movimentos sociais. Também houve a prestação de serviços por meio da Ouvidoria da Administração Regional e esclarecimentos sobre a atuação dos conselhos e dos conselheiros tutelares em Ceilândia.  

A aposentada Penha Souza Coutinho, 61 anos, recebeu atendimento odontológico e mudou o visual durante a ação. Ela contou que a iniciativa da Administração Regional veio na hora certa. “Nem lembro mais a última vez que fui ao dentista. Com o serviço, eu tive de graça a consulta odontológica e o melhor foi ganhar um dia de beleza”, elogia a ceilandense.  
A moradora do Sol Nascente Edileuza Vicente de Souza, 36 anos, conta que devido à correria do dia a dia não tem tempo para cuidar da beleza. Edileuza é mãe de três filhos – Kaique, de 11 anos, Rafaela, de 8 anos, e Natanel, de 6 anos – e trabalha como diarista. A renda, segundo ela, é pequena e raramente sobra dinheiro para investir em tratamentos odontológicos e cuidados de beleza. “Sabemos que a consulta odontológica é muito difícil conseguir gratuitamente e pagando sai muito caro. É um dinheiro que não tenho. Hoje, ver meus filhos recebendo tratamento e a prevenção já recompensou todo o meu esforço”, afirma a diarista.  

O mutirão social contou com o apoio de servidores de vários órgãos e clínicas odontológicas de Ceilândia. Mais de 500 kits de higiene bucal – cada um contendo escova, fio e creme dental – foram distribuídos gratuitamente.
O administrador de Ceilândia, Vilson Oliveira, explica que ação da Administração Regional é mais um meio de levar políticas e serviços públicos a quem mais precisa, principalmente firmando parcerias. “Sabemos que estamos enfrentando uma grande crise, mas precisamos contornar a situação, buscando levar atendimento e diversos serviços à comunidade de Ceilândia. Isso só foi possível por meio da ajuda de entidades sociais e instituições da própria cidade”, ressalta o administrador. 

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: