ACIC – Avaliação, Perspectivas e Desafios para o GDF para além de 2012

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Ceilândia Ontem, Hoje e Amanhã
No inicio do atual governo a Associação Comercial de Ceilândia(ACIC) divulgou para conhecimento da sociedade de Ceilândia um elenco de 13(treze) compromissos imediatos e outras questões estratégicas que o governo Agnelo assumiu com o movimento empresarial, social e político da cidade de Ceilândia. A seguir passamos a fazer uma avaliação do que avançou em 2011 e do que precisa avançar para além de 2012:

Compromissos/providências

1. Conclusão das obras da via de ligação Ceilândia – Samambaia – Licitação da conclusão das obras foi feita pelo DER-DF em novembro de 2011, perspectiva de recomeço da obras em janeiro de 2012.
2. Revitalização da iluminação do centro de Ceilândia – assunto pendente, apesar de carecer de urgência frente ao necessário combate ao uso de crack naquela região.
3. Conclusão das obras do campus da UnB em Ceilândia – A questão se arrastou ao longo do ano de 2011 e agora a obra foi assumida pela UnB após negociação junto ao GDF;
4. Implantação da infraestrutura de água, esgoto, asfalto, construção de escolas e UPAS no P Sul, condomínios Sol Nascente e Por do Sol – Processo que se encontra em sua primeira fase de regularização dos condomínios, ou seja, os estudo das áreas passiveis de assentamento definitivo passam por definição. UPA P Sul e Sol Nascente estão pendentes de encaminhamento.
5. Conclusão e colocação em operação das vilas olímpicas do parque de vaquejada e setor O – Vila olímpica do parque de vaquejada já em operação e vila olímpica do setor O ainda sem definição de prazo para operação.
6. Ampliação da linha do metrô até o terminal de ônibus do setor O – A ampliação do metrô da cidade do final de Ceilândia norte até o terminal do Setor “O”, em torno de dois quilômetros, se encontra no orçamento do GDF para 2012.
7. Construção de creches públicas e ampliação do número de vagas nas creches existentes – assunto pendente, apesar de haver uma demanda para mais de 10 mil vagas em creche, só em Ceilândia.
8. Construção de moradias populares para a população de baixa renda – o assunto avançou pouco apesar de está sendo construídas um conjunto de moradias ao lado da nova guariroba.
9. Implantação de escolas em tempo integral em toda a cidade – assunto pendente e sem indicativo
10. Término das obras inacabadas ( centro cultural de Ceilândia, ciclovias, parques infantis, etc)O centro cultural, em especial o seu ginásio ainda encontram-se sem indicativo. Quanto as ciclovias as obras avançaram e superaram as expectativas. No tocante a parques infantis e quadras poliesportivas diversos equipamentos foram revitalizados.
11. Ampliação do efetivo de segurança pública e a construção de um quartel da PM na região do setor Industrial de Ceilândia – As obras do quartel encontram-se sem previsão de termino.
12. Construção do Ceilambódromo e investimentos em cultura( como a manutenção do carnaval em Ceilândia), lazer e esporte – No que tange a construção do Ceilambódromo o assunto é um silêncio só. Quanto ao carnaval de 2011 foi mantido em Ceilândia.
13. Construção de unidades de atendimentos e recuperação de dependentes químicos e com distúrbios emocionais. Apesar da divulgação do programa do governo federal para o combate as drogas ainda não há indicativo quanto ao programa a ser adotado no DF

Questões estratégicas

1. Construção do corredor de ônibus na via Hélio Prates( Taguatinga à fundação Bradesco em Ceilândia) – Questão anunciada pela secretaria de transportes como prioritária, mas que até a presente data não há sinalização de quanto irá iniciar as obras, apesar de se encontrar com recursos alocados junto ao Banco Mundial.

2. Construção de túnel subterrâneo que ligará a via estádio a linha verde( o chamado túnel de Ceilândia – Taguatinga). Do outro lado, quem chega a Taguatinga pela EPTG também mergulha no túnel até o início da Via Estádio. Este equipamento público é urgente por se tratar da melhoria da qualidade de vida das populações de Taguatinga, Samambaia e Ceilândia. Sobre este assunto o governo já fez anuncio e assegurou que os seus recursos virão do PAC da mobilidade.

3. Construção do Centro Administrativo do GDF, por meio de PPP, junto a rodoviária de Taguatinga – Das questões estratégicas a única que foi anunciada pelo GDF e que merece atenção, é o início das obras deste centro administrativo. O centro metropolitano irá trazer desenvolvimento e outros atrativos para geração de emprego e renda na região Ceilândia, Taguatinga, Samambaia e demais cidades circunvizinhas.

13(treze)desafios para além de 2012
1. Construção de um restaurante comunitário em Ceilândia norte.
2. Implantação do parque ecológico e vivivencial de Ceilandia nas imediações da via centro norte(P Sul – Taguatinga).
3. Revitalização e paisagismo ao longo da via centro norte(sentido p sul – Taguatinga).
4. Implantação do parque vivencial do setor o (ao lado da via estrutural).
5. Implantação de uma alça de viaduto junto a ligação Ceilândia – Samambaia e via da fundação bradesco.
6. Implantação de iluminação da via leste ( iluminação no canteiro central da via – tipo palito).
7. Construção de prédio de apoio às atividades clinicas do Hospital Regional de Ceilândia.
8. Duplicação da via P5 no setor P Sul.
9. Construção do auditório do CEM 10.
10. Implantação de escola técnica federal em Ceilândia Norte – PRONATEC
11. Construção de campos com grama sintética no setor P Norte, Expansão do Setor O, QNQ e QNR.
12. Construção de Unidades de Proto Atendimento de Urgência(UPAS).
13. Ampliação e revitalização do estádio abadião, transformação do espaço em uma arena de shows e esporte.
Estamos diante de 12 meses da gestão do novo governo, o que se pode afirmar é que alguns compromissos estão sendo cumpridos. Na avaliação da Associação Comercial de Ceilândia(ACIC) frente as perspectivas e desafios que o GDF tem para os próximos 3(três) anos é que em 2012 o governo precisa ampliar a sua assertiva governamental de forma a superar a expectativa que a população tem do atual gestão. Os desafios são gigantescos, mas atingíveis. Preparar o DF para receber bem os eventos da copa de 2014 é uma meta síntese.
Ceilândia-DF, 19 de dezembro de 2011



Associação Comercial e industrial da Ceilândia

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: