Acordo mal explicado no GDF.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Revista Veja desta semana traz reportagem que revela um acordo mal explicado, que repercutiu como uma bomba no DF. Trata-se de uma possível negociação do PT com o PR para que o PT não reprovasse as contas do ex-governador José Roberto Arruda na CLDF, fato que o deixaria inelegível pela “Ficha Limpa”.

Intitulada: “Todos do Mesmo Lado”, a reportagem afirma que o PT negociou com o PR a aprovação das contas de Arruda e, em troca, ele seria candidato a deputado federal e não ao Buriti, apoiando a reeleição do governador Agnelo Queiroz (PT). A revista ainda avalia: “Sua presença entre os petistas, porém, não vai gerar constrangimentos a nenhum dos lados”! Será?

Os petistas Chico Vigilante, Chico Leite e Patrício não participaram da votação. Leite se ausentou porque queria analisar as contas, Patrício não compareceu a sessão e Vigilante estava de licença médica. Arlete Sampaio se absteve e Wasny de Roure foi o único a votar pela rejeição das contas de 2008 do governo Arruda.
Informou Tiago Tavares / Jornal Alô.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: