Acusado de matar por causa de pisada no pé em pista de dança será julgado em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
O Tribunal do Júri de Ceilândia irá julgar nesta terça-feira, 22/03, a partir das 8h30, o réu Marcelo Martins Gomes, como incurso no artigo 121, § 2º, inciso II, do Código Penal, pela prática de homicídio qualificado por motivo fútil contra Edvaldo Carneiro da Silva.



De acordo com o Ministério Público, no dia dezenove de novembro de 2006, por volta das 2h, em uma festa, na garagem de uma casa da QNO 19, Conjunto 18, Setor O, Ceilândia/DF, Marcelo efetuou disparo de arma de fogo contra Edvaldo, em razão de a vítima, quando dançava, ter pisado no pé do amigo do acusado.



Consta que Marcelo teria tomado as dores do amigo e teria dado um tapa na vítima e, logo em seguida, efetuado o disparo de arma de fogo, matando Edvaldo. Após a agressão, Edvaldo tentou revidar, sendo impedido pela namorada, que estava grávida na ocasião.



O acusado aguarda o julgamento em liberdade e, se condenado, poderá pegar uma pena que vai de 12 a 30 anos de reclusão.



Fonte: TJDFT

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: