DEVOLVAM A MEDALHA! Administradores suspeitos de fraude receberam medalha do GDF

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Os dois administrados regionais suspeitos de envolvimento em um esquema de fraude na concessão de alvarás de construção no Distrito Federal, Carlos Sidney de Oliveira, de Águas Claras, e Carlos Alberto Jales, de Taguatinga, foram homenageados no dia 25 de setembro pelo governador Agnelo Queiroz com a medalha Mérito Integração Segurança Pública.



A comenda é a mais alta condecoração concedida pela Secretaria de Segurança Pública e é dada a pessoas que contribuem para o combate da criminalidade.
No mesmo dia, outras 360 pessoas receberam a medalha, de acordo com a secretaria. “Todos que estão aqui presentes são guerreiros que trabalham para fazer uma sociedade melhor”, declarou na época o secretário Sandro Avelar.

O administrador de Taguatinga era considerado foragido nesta quinta. Jales está em um hospital particular de Taguatinga desde o início da madrugada desta sexta. Segundo a polícia, ele será preso assim que receber alta. O hospital não informou o estado de saúde dele, nem a razão da internação.
Jales e Oliveira foram exonerados nesta quinta. O ex-administrador de Águas Claras foipreso no mesmo dia, na operação batizada de Átrio pela Polícia Civil. Na casa dele, foram encontrados R$ 50 mil.
O ex-governador Paulo Octavio também é apontado de envolvimento no suposto esquema de corrupção. Ele foi ouvido nesta quinta, por força de um mandado coercitivo (que o obrigava a prestar esclarecimentos), mas negou envolvimento com irregularidades. O ex-governador é dono de construtoras e um dos maiores empresários do setor no DF.
Informou o G1

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: