Agnelo e petistas do DF preparam contra-ataque para as eleições de 2014

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Agnelo e Filippelli repetirão a aliança entre o PT e o PMDB em 2014  (Janine Morais/CB/DA Press)
Agnelo e Filippelli repetirão a aliança entre o PT e o PMDB em 2014


Diante do fortalecimento de rivais para as eleições do ano que vem e da mudança de cenário causada pela filiação da ex-senadora Marina Silva ao PSB, o governador Agnelo Queiroz e os petistas do DF preparam uma contraofensiva. No próximo mês, o PT vai realizar eleições para a escolha do novo presidente regional da legenda, e as recentes reviravoltas já entraram na pauta do debate interno, com o crescimento de um discurso sobre a necessidade de união do partido. Hoje, o governador se encontrará em um almoço com os presidentes de todas as legendas da base para discutir como reagir ao fortalecimento de antigos aliados, como PDT e PSB, e para evitar novas debandadas.


O almoço será na residência oficial do governador, em Águas Claras. Depois de praticamente sepultar os rumores de rompimento com seu principal aliado, o vice-governador Tadeu Filippelli, do PMDB, Agnelo Queiroz quer estreitar os laços com os partidos que ficaram na base. O PR, que tinha cargos no GDF e apoiava o governador, deixou o grupo de aliados no mês passado, depois da mudança de comando arquitetada para que a legenda abrigasse o ex-governador José Roberto Arruda. Por outro lado, o recém-criado Pros, presidido no DF pelo deputado federal Ronaldo Fonseca, passou a compor a base. Será o primeiro encontro depois das mudanças recentes.
Informou Correio Web

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: