Agnelo faz balanço da atuação do GDF, e diz que “tudo anda bem no DF”

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Alguém (Não vale os comissionados do GDF ) acredita que está tudo andando nos trilhos no DF? Segurança, educação e saúde? É só visitar um dia o hospital de Ceilândia para ver que tudo isso aí não passa de politicagem eleitoreira. Para o Governador, tudo anda bem no DF, é só conferir o texto abaixo.

Secretários de Estado, administradores regionais e dirigentes de empresas públicas do Distrito Federal se reuniram nesta quinta-feira (5) com o governador Agnelo Queiroz, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, para uma reunião de balanço das ações de governo realizadas este ano, ocasião em que o chefe do Executivo local classificou como “positivo” o desempenho do GDF.

“Em 2013, já realizamos investimento de R$ 2,3 bilhões, o que nos proporcionou um desempenho excelente, com muita eficiência e competência. Isso possibilitou fazer várias obras em todo o DF. Essa reunião serviu para fazermos uma avaliação do nosso governo e já planejarmos o próximo ano”, destacou o governador.
Durante o encontro, Agnelo apresentou, na companhia do vice-governador, Tadeu Filippelli, os investimentos feitos em todas as áreas de atuação e solicitou aos participantes da equipe de governo maior unidade e integração na execução de políticas públicas.
Na abertura do discurso, o governador frisou a tendência crescente do orçamento de investimento anual do DF, que passou de R$ 1,5 bilhão no último ano, para R$ 2,3 bilhão em 2013. Conforme anunciou Agnelo Queiroz, o investimento de 2014 atingirá a casa dos R$ 5 bilhões e possibilitará o reforço das ações.
Áreas essenciais como Transporte, Saúde, Educação, Segurança Pública e Meio Ambiente também estiveram na pauta, e foram anunciadas as particularidades de cada braço de atuação do Executivo.
MOBILIDADE – Em relação ao transporte, o governador anunciou que a substituição total dos ônibus que operam no DF deve ocorrer até o mês de janeiro, quando deverão ser concluídos todos os procedimentos de migração dos funcionários das viações que sairão do sistema para as novas empresas.
Na infraestrutura de vias, segundo Agnelo, 75% das obras do “Expresso DF” estão concluídas, 35% da construção do viaduto do fim da W3 Sul já foram terminados e faltam apenas 10% para a conclusão da 1ª etapa do programa “Asfalto Novo”. Esse último, no entanto, já conta com a 2ª etapa iniciada e a 3ª etapa licitada.
SANEAMENTO – Na apresentação, o governador garantiu a desativação do Lixão da Estrutural no próximo ano, quando será inaugurado o Aterro Sanitário Oeste, localizado em Samambaia, com capacidade de receber, em média, 68 mil toneladas de resíduos por mês.
“Essa é uma ação fundamental do nosso governo. Todos os dias temos que nos indignar com a situação dos catadores que sofrem na Estrutural em meio ao lixo e aos caminhões que chegam e despejam, desumanamente, o lixo sobre eles, o que muitas vezes causa mortes. Queremos acabar definitivamente com isso”, assegurou o governador.
A infraestrutura das cidades, por sua vez, ganhará atenção especial do GDF. Locais como Vicente Pires, Arniqueiras, Bernardo Sayão e Buritizinho receberão obras de captação de águas pluviais, saneamento, asfaltamento e colocação de meios-fios, entre outras melhorias.
EDUCAÇÃO – Para facilitar o acesso das crianças e adolescentes às unidades de ensino, de acordo com o governador, serão disponibilizadas 10 mil bicicletas no próximo ano. Ao mesmo tempo, serão construídas, até o final desta gestão, 115 creches em todo o DF.
“A infância é o futuro do DF, e por isso temos que cuidar bem dela. Antes do nosso governo, não tínhamos nenhuma creche e, ao finalizá-lo, teremos 115. São creches de altíssimo nível, com várias refeições, tempo integral, tudo de qualidade”, frisou Agnelo.
Ainda no campo da educação, foi destacado o impacto que o “Cartão Material Escolar” causou na vida de 51 mil famílias beneficiadas com o valor disponibilizado pelo GDF para a compra de materiais escolares.
SAÚDE – De acordo com o governador, estão em construção quatro novas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) no DF, e a “Carreta de Mulher”, que atualmente conta com três unidades, ganhará o reforço de mais um veículo.
Foi ressaltado, também, que o DF é a única unidade da Federação a disponibilizar a vacinação contra HPV às meninas que querem se prevenir. Outro destaque foi a eficiência no campo dos transplantes, que colocou a capital como referência nacional nesse segmento.
“Somos o primeiro em transplante de coração, córnea e rim e estamos credenciados para o transplante de pulmão. Além disso, recentemente fizemos o primeiro de medula óssea. Temos que mostrar que temos qualidade e ao mesmo tempo estamos empenhados em resolver os problemas de filas e de consultas e em melhorar a saúde para o nosso povo”, reforçou o chefe do Executivo local.
SOCIAL – Durante a reunião, que durou mais de duas horas, o governador mostrou dados referentes às políticas públicas voltadas ao desenvolvimento humano, como o programa “Cidade Acolhedora”, que, de agosto a dezembro deste ano, retirou 500 pessoas das ruas da capital do país.
Além dessa ação, o GDF conta com as casas de acolhimento e outras políticas que dão suporte às pessoas em situação de vulnerabilidade social. Existe, ainda, a construção de novas Unidades de Internação, o que possibilitará a desativação do Caje, e programas de combate ao crack.
GERAL – Na reunião, Agnelo Queiroz citou os investimentos feitos na recuperação de espaços tradicionais da capital como o Cine Brasília, a Casa do Cantador em Ceilândia, a 1ª Etapa do Ginásio Nilson Nelson e a reforma de centenas de praças em todo o DF.
No esporte, o governador destacou a preparação da capital para a realização de eventos como a Fórmula Náutica, a Gymnasiade e o Torneio de Futebol Feminino neste mês, entre outras atrações que, ao serem sediadas na cidade, geram desenvolvimento e renda.
Em relação à segurança, foram apresentados índices que comprovam a redução de crimes no DF devido à ação integrada das forças policiais proporcionada pelo programa “Ação Pela Vida”.
Nesse quesito, conforme explicou o governador, os homicídios caíram 16,4%, o latrocínio teve redução de 51,3% e o roubo com restrição de liberdade (conhecido como sequestro relâmpago) teve decréscimo de 30,1%.
PERSPECTIVAS – Ao finalizar o encontro, o governador apresentou suas metas para o início do próximo ano. Entre elas está a renovação de toda a frota de ônibus, a inauguração da 1ª etapa do “Expresso DF”, o começo das obras do túnel que passará por Taguatinga e a conclusão do viaduto da W3 Sul.
O chefe do Executivo local prevê também a construção de 192 km de ciclovias e de 20 mil unidades de casas do programa “Morar Bem”, além das intervenções para instalar esgotamento sanitário no Incra 8, parte de Sobradinho e São Bartolomeu.

“Ha Ha Ha, piada né?”


Da redação com informações da Agência Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: