Apesar de protestos de alunos, GDF “inaugura” UNB Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Apesar de protesto de alunos da UNB Ceilândia a segunda edificação do campus da Universidade de Brasília (UnB) em Ceilândia foi inaugurada oficialmente hoje. Com mais de 4,6 mil metros quadrados, a obra teve investimento de R$ 7,6 milhões em construção civil e quase R$ 1,2 milhão na implantação da subestação de energia elétrica.

“Este é um ato de grande simbolismo para a população de Ceilândia, para o DF, como um todo, e para a UnB. Pegamos, nesta gestão, 157 obras inacabadas e essa é uma das últimas que estamos entregando. Tivemos essa conquista e vamos responder às outras demandas da universidade com o mesmo empenho”, afirmou o governador Agnelo Queiroz.
O reitor da UnB, Ivan Marques, disse que o próximo passo será a implantação do turno noturno. “Essa é uma reivindicação que vamos atender em breve. Além disso, o compromisso da universidade é consolidar a expansão e aumentar o número de vagas para o curso de Medicina”, ressaltou.
As obras começaram em junho de 2012 e o prédio compreende 16 salas de aula, oficina, biblioteca com 400 metros quadrados, aberta ao público, auditório para 225 pessoas, dois laboratórios de informática, com 80 máquinas e quatro laboratórios específicos equipados com alta tecnologia.
As instalações já estão em funcionamento há dois semestres e atende atualmente 2,7 mil alunos de graduação e 50 em cursos de pós-graduação, nos turnos matutino e vespertino. Cerca de 70% dos estudantes são moradores de Ceilândia, Águas Claras, Park Way e Samambaia, além de moradores dos municípios goianos e mineiros.
O empenho do governo na concretização desse projeto foi parabenizado pelo presidente da Novacap, Nilson Martoreli. “Esta gestão se preocupa com a educação, formação e qualificação da população em geral. Nós somos meros executores dessa ação grandiosa e estamos sempre à disposição para realizar essas obras na medida do possível”, destacou.
O campus oferece seis cursos em graduação, voltados principalmente para a área de Saúde, são eles: Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Saúde Coletiva e Terapia Ocupacional. Os cursos Tecnólogos são oferecidos na pós-graduação e Saúde em mestrado e doutorado.

Da redação, com informações da Agência Brasília



Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: