Após escalada de dois aventureiros, escada de torre em Ceilândia teve que ser retirada.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Na manhã desta quarta-feira (23), um serralheiro cortou um pedaço da escada de uma torre, no centro de Ceilândia (DF), com o objetivo de dificultar uma eventual nova subida de outra pessoa, evitando assim uma tragédia.
Para alguns moradores, a área – que é movimentada – pode acabar virando um ponto turístico da cidade.  

— Visitar a torre vai começar a servir de opção de lazer na cidade.  
Duas ocorrências
Os dois postos policiais ao lado, não inibiram duas pessoas, em uma semana, de escalar a estrutura de 50 metros de altura – o equivalente a um prédio de 16 andares. Instalada há seis meses e com o objetivo de melhorar a transmissão de rádio da PMDF (Polícia Militar do Distrito Federal), ela ainda não começou a funcionar.  
A torre voltou a ser palco e tensão na noite desta terça-feira (22). Pela segunda vez em uma semana, uma pessoa subiu na estrutura e precisou ser resgatada pelo corpo de bombeiros. O resgate da mulher de 35 anos durou quase duas horas. A chuva atrapalhou no salvamento, que não pode ser feito com a escada.  
Na semana passada, um morador de rua também subiu na mesma torre e ameaçou se jogar. Familiares disseram que ele usava medicamentos controlados e, ao misturar com bebida alcoólica, passou a ter alucinações. 
Informações do R7

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: