Após queda de tenda em Ceilândia, MPDFT solicita esclarecimentos sobre carretas da saúde.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus) solicitou à Secretaria de Saúde do DF informações sobre o funcionamento das Carretas da Saúde espalhadas pela cidade. A ação foi ordenada depois do acidente envolvendo parte da estrutura da Carreta Oftalmológica em Ceilândia, na última quinta-feira (10/4). Dez pessoas ficaram feridas após a queda de uma das tendas montadas no local.


O ofício foi baseado em um relatório feito seis dias antes do acidente pelo Conselho Regional de Medicina (CRM). O documento apontou infrações sanitárias graves envolvendo a qualidade e a segurança do atendimento oftalmológico prestado à população pelo serviço da Carreta Oftalmológica.

A Prosus pede à Secretaria de Saúde que sejam enviadas cópias de atestados e alvarás de funcionamento, além de serem apontadas quantas carretas foram contratadas e o local aonde foram prestados os serviços.
 

Segundo o MPDFT, a Secretaria de Saúde tem até 17 de abril para responder ao documento. 
Correio Braziliense

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: