Apreensão de crack bate recorde do ano no DF.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Em cinco meses foram apreendidos 63 quilos da droga, 13 a mais do em todo o ano passado
Alvo constante das forças policiais, as apreensões de crack registradas nos primeiros cinco meses deste ano já bateram o recorde alcançado em todo o ano passado – foram 50 quilos em 2012 contra 63 neste ano, segundo dados divulgados hoje pela Secretaria de Segurança.

“Diariamente vemos nossa produção policial aumentar. E a quantidade crescente de drogas apreendidas seguramente enfraquece o tráfico e impacta diretamente na redução dos homicídios”, esclareceu o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar.
Além de superar a apreensão de crack de todo o ano passado, as polícias Civil e Militar apreenderam, juntas, uma tonelada de maconha e outros 130 quilos de cocaína.
O comparativo das ocorrências policiais no Distrito Federal –período de janeiro a maio dos anos de 2012 e 2013– aponta ainda redução no número de crimes contra a vida e ao patrimônio.
Nos primeiros cinco meses do ano passado foram registrados 334 casos de homicídio contra 297 no mesmo período de 2013, variação de 11,1%., enquanto o crime de latrocínio roubo seguido de morte– caiu de 20 casos para nove, redução de 57,1%.
Roubo com restrição da liberdade da vítima –o chamado sequestro relâmpago– também teve significativa redução nesse período, passando de 355 casos para 232, uma diminuição de 34,6%.
Juntamente com as constantes apreensões de drogas, a produção policial também eleva a quantidade de armas de fogo que deixam de circular nas ruas do DF e Região Metropolitana. Juntas, as Polícias Civil e Militar apreenderam 748 armas de fogo.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: