Arapongas são detectados pela Polícia Civil e vão responder criminalmente, afirma Chico Vigilante.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
O
termo arapongagem foi fartamente utilizado por muitas pessoas no DF no
ano passado. Na Câmara Legislativa o assunto foi levado à tribuna
diversas vezes, dito e redito. “O nome do coronel Rogério Leão foi
envolvido e o meu também e de forma muito irresponsável”, destacou o
deputado Chico Vigilante, durante o comunicado de
líderes na tarde desta sexta-feira (14). “Diante de tudo aquilo, nós
fizemos o que costuma fazer as pessoas de bem, encaminhamos ofício à
Polícia Civil. Solicitamos

ao diretor-geral da Polícia Civil, Jorge
Xavier, que fosse feita uma investigação”, disse o deputado.
Chico
Vigilante argumenta, repetindo o que sempre tem dito, que a Polícia
Civil é uma polícia de estado e por isso procedeu á investigação como
deveria ser. O diretor geral da Polícia Civil determinou a criação de
uma comissão de delegados para fazer a investigação. “E eles chegaram
nos facínoras. Pegaram os elementos. Trata-se deste elemento chamado
Dadá, que eu nem sei quem é, nunca vi na minha frente e nem quero ver,
um araponga de Valparaiso e um agente da Polícia Civil, que já está
preso”, explica Chico.
O deputado informou ainda que a Polícia Civil
finalizou o relatório na última sexta-feira e encaminhou à Justiça. “A
pena gira em torno de seis anos de reclusão para cada um”, segundo
estimativa da polícia.
“Eu e o coronel Leão estamos muito felizes
com o desfecho de tudo isso. Eu disse aqui mais de uma vez que quem
investiga araponga é a polícia, e a Polícia Civil fez o papel dela,
desmembrou a ação criminosa e encaminhou o processo à Justiça para que
sejam julgados e devidamente punidos”, afirmo.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: