Área rural de Ceilândia recebe novas viaturas policiais

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Em solenidade realizada nesta quarta-feira (1º), na Praça do Buriti, a Polícia Militar do Distrito Federal recebeu o reforço de 80 novas viaturas que realizarão o policiamento ostensivo em áreas específicas do DF. Desse total, 60 unidades serão destacadas para a zona rural, e outras 20, para as atividades ambientais.
Os novos veículos, que entrarão em ação imediatamente, estão equipados com tração nas quatro rodas, GPS e outros mecanismos que permitem executar operações em zonas afastadas e em terrenos irregulares.

“O Distrito Federal faz um trabalho de vanguarda ao implementar um policiamento rural e ambiental mais extensivo. Esse serviço, certamente, vai garantir a tranquilidade esperada pelo produtor rural para que possa desempenhar suas atividades com a máxima segurança possível”, enfatizou o chefe da Casa Militar do DF, coronel Rogério da Silva Leão.
Além do coronel Leão, estiveram presentes à solenidade o secretário de Agricultura, Lúcio Valadão, e o comandante-geral da PMDF, coronel Anderson Moura.
Na opinião de Lúcio Valadão, é fundamental a parceria entre a secretaria e a polícia. “Nós realizamos um constante contato com as comunidades rurais em busca de informações que possam ser repassadas às autoridades militares, no que diz respeito à solução de casos, segurança de terras, produtores e moradores, e sobre possíveis delitos nessas áreas”, explicou o secretário de Agricultura.


Com um efetivo de 190 homens, a PMDF possui três grupamentos rurais que cobrem as regiões de Ceilândia, Taguatinga, Brazlândia e Planaltina, e realizam a segurança de mais de 100 mil pessoas.
Apenas nesses quatro últimos anos, a corporação já recebeu cerca de 1,3 mil viaturas e 4 mil novos soldados aprovados em concurso público. “É um contingente que chega para assegurar a cobertura de 100% de todo o DF. Quem mais ganha com esses quantitativos é a população, com uma segurança mais bem equipada e preparada, com suporte material e humano bem suprido em qualidade e quantidade”, resumiu o comandante-geral Anderson Moura.

Agência Brasília

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: