Assassino de Silvia pode ganhar a liberdade a qualquer momento.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Silvia Pinto de Sousa grávida de três meses e com apenas 27 anos foi assassinada pelo seu ex- companheiro na madrugada do dia 06 de fevereiro e o autor do crime Tiago Alves Gondim de 25 anos teria confessado o crime para o Delegado Fernando Gama.

No seu depoimento o elemento confessou que não aceitava o motivo dela estar grávida dele e por isso acabou agredindo a vítima com vários golpes de punhal nas costas e no pescoço aonde a vítima veio falecer no local.
O Trabalho da Polícia Civil de Águas Lindas foi rápido e eficaz em menos de quatro horas de investigação conseguiram prender o autor do crime, mas segundo informações dos parentes da vítima a Justiça de Águas Lindas entende que o réu confesso tem emprego fixo, residência e tem bons antecedentes e por não ter passagem pela polícia não corre risco a sociedade e estipulou uma fiança no valor de R$ 2.000,00 reais para que o autor do crime seja liberado.

Os parentes das vítimas fizeram um protesto em frente ao presídio de Águas Lindas onde o autor do crime Tiago Alves Gondim está preso e eles alegam que isso é uma falta de respeito para com o povo.

Silvia Pinto de Sousa foi morta no último dia 06/02 com vários golpes de punhal pelo companheiro que não aceitava o simples fato de que ela estaria grávida de quatro meses, e para forjar um latrocínio, ele chegou furtar o dinheiro que ela tinha acabado de receber do serviço.
Em conversa com alguns parentes de Silvia, eles disseram que ela estava muito feliz no novo serviço e que tinha se destacado como a funcionária do mês por ter conseguido realizar as metas nas vendas.

TVCMN

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: