Astrônomos olímpicos de Ceilândia precisam de ajuda

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Os ceilandenses olimpicos Bruno Souza, Yan
Victor e Paulo Victor, do CEM 09 de Ceilândia-DF, foram classificados
para a final da Mostra Brasileira de Foguetes, a Jornada de Foguetes, que acontecerá no período de 28 a 31 de outubro de 2013 em Barra do Piraí – Rio de Janeiro. 


A olimpíada brasileira de astronomia e astronáutica(OBA) e mostra
brasileira de foguetes são organizadas anualmente pela Sociedade
Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial
Brasileira (AEB).

A OBA e a MOBFOG são eventos abertos à
participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, sem
exigência de número mínimo ou máximo de alunos, os quais devem
preferencialmente participar voluntariamente. Podem participar da OBA e
da MOBFOG alunos do primeiro ano do ensino fundamental até alunos do
último ano do ensino médio. A OBA e a MOBFOG ocorre totalmente dentro da
própria escola, tem uma única fase e é realizada toda ela dentro de um
só ano letivo, deste modo os certificados e medalhas são recebidos pela
escola no mesmo ano letivo.
Ao final da OBA e da MOBFOG todos
alunos recebem um certificado de participação impresso com o seu nome e
se ganhou alguma medalha o tipo dela também consta do certificado. E se
ganhou medalha, claro, recebe a mesma, a qual em geral é cunhada em
metal ou acrílico. 
Todos os professores envolvidos no processo
e também os diretores escolares recebem os seus certificados. Aliás,
até a escola recebe um certificado com o nome dela. Veja todos os
detalhes no regulamento da OBA e veja também detalhes sobre a MOBFOG nas
Instruções sobre a VII MOBFOG.
Nossos ceilândenses
Estudaram muito, pesquisaram demais, passaram por uma seletiva muito
acirrada em sua escola, venceram e foram selecionados dentre as melhores
equipes do Brasil para a final olímpica. A participação na olimpíada
ampliou o conhecimento em Física, Química, Matemática, Astronáutica,
condições climáticas e outros conhecimentos importantes para as suas
formações. 
Além do conhecimento, tiveram oportunidade de
aprender e ensinar outros colegas, aprenderam a utilizar palavras
importantes em suas rotinas educativas: solidariedade, voluntariado,
colaboração, equipe, responsabilidade, estudo, coragem.
O que eles precisam
Pois bem, mas para a viagem, para que possam representar a sua escola,
Ceilândia e o Distrito Federal, nossos astrônomos precisam de muita
ajuda. È do conhecimento de todo que o governo não arca com, despesas
como alimentação e diárias/hospedagens para viagens olímpicas e como
eles não tem condições financeiras para arcar com todas as despesas,
precisam de apoio para que até sexta-feira dia 11 de outubro, reúnam a
quantia de R$ 1.600,00 e para até o dia 24 de outubro, a quantia de R$
900,00. Totalizando, precisam de R$ 2.500,00, para que aquipe formada
por tres alunos e a professora sua professora. 
Para estas
despesas os alunos já conseguiram doações para custear outras despesas,
tais como a condução do aeroporto do Rio de Janeiro para o município de
Barra do Piraí (são quase 3 horas de viagem), deslocamentos nas cidades e
alimentação durante o trajeto de ida e volta, mais ou menos uns R$
800,00. 
Serviço:
Quem poder ajudar entre em contatto com a professora Alessandra Lisboa 3901-6865 ou 3901-6874 – emai:[email protected]

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: