Ataque cibernético e artéria digital de Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Nos últimos dias o que se mais fala é sobre o ataque cibernético de hacker aos bancos de dados do Estado brasileiro. Um grupo de hacker brasileiro autodenominado LulzSecBrazil, vinculado ao grupo internacional LulzSec, tem debochado e assumindo no Twitter, na madrugada desta quarta-feira, ter tirado do ar os sites da Presidência da República (www.presidencia.gov.br) e do governo federal www.brasil.gov.br. E o que isto tem haver com Ceilândia e o Distrito Federal? A Associação Comercial de Ceilândia(ACIC) tem chamado à atenção do GDF para a importância da grande artéria digital, as chamadas fibras ópticas, que percorre a infraestrutura urbana da cidade de norte a sul, ao lado dos trilhos do metrô do Distrito Federal.
A disponibilidade desta infraestrutura requer do governo local uma visão estratégica com vistas a construção de uma grande rede para suportar a governo eletrônico, que já passa do tempo de ser construído. Para inserir o DF no mundo do conhecimento cibernético é permitir o acesso a Internet de alta velocidade a toda a população(escolas públicas, posto de saúde, hospitais, demais serviços públicos e empresas), basta que o governo do Distrito Federal elabore um plano de uso destas fibras, em parceria com a iniciativa privada, de forma que empreendedores se utilizem desta infraestrutura e instalem antenas que iluminariam as cidades e ofereceriam acesso à rede mundial a preços razoáveis a população e ao setor produtivo, aumentando a oferta e barateado os atuais altos custos de acesso a rede mundial.
O presidente da ACIC, Clemilton Saraiva, desta que a guerra cibernética que estamos assistindo, chama à atenção para força da economia digital que brota, muda e desconstrói os limites das fronteiras que conhecemos e força o Estado(Distrito Federal) agir e elaborar um Plano Local de Banda Larga, ou seja, permitir a sociedade local os benefícios da universalização do acesso à rede mundial de computadores, de forma que um novo modelo de Distrito Federal digital se torne realidade para todos.
Ceilândia – DF 24 de junho de 2011
 
Associação Comercial de Ceilândia – ACIC

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: