Benício Tavares será julgado por abuso de poder e coação.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
O deputado distrital Benício Tavares (PMDB) é um verdadeiro sobrevivente. Iniciou a carreira política em 1990, quando se elegeu deputado distrital. Nos anos seguintes, chegou a presidir  a Câmara Legislativa do DF. Passou por muitas lutas e foi alvo de denúncias de corrupção. Também teve o nome envolvido no escândalo do Mensalão do DEM. Passou incólume pelos governos de Roriz, Abadia, Arruda, Wilson Lima, Rogério Rosso e se mantém firme no Novo Caminho de Agnelo.  Conseguiu escapar ileso, ao menos até aqui.
A situação do deputado que mais conhece as artimanhas do poder no Distrito Federal, e que tem amigos no legislativo, executivo e judiciário, parece ter chegado ao fundo do poço. Ele responde a dois processos no TRE-DF: AIJE 437764 e RT 442790.  O primeiro está bem adiantado e com fartas provas que poderão cassar seu diploma de deputado distrital. Já o segundo  processo, estranhamente está parado desde o dia 14/01/2011 no gabinete do desembargador Evandro Castelo Branco.
Alguns ex-funcionários da empresa Brasília Segurança ingressaram na justiça do Trabalho e obtiveram êxito. Eles afirmaram que foram obrigados a votar em Benício Tavares.
Na próxima quinta, 28, o processo AIJE 437764 será julgado,  caso não ocorra pedido de “vista” nem outras surpresas típicas de quem conhece as manhas e as manhãs dos plenários…

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: