Blocão na Câmara Legislativa

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
O colunista Eduardo Brito (Jornal de Brasília) informa que com a ida do distrital Raad Massouh (foto) para o Partido Pátria Livre, o bloco liderado pelo peemedebista Rôney Nemer passa a ser o maior da Câmara Legislativa. Já está sendo chamado de Blocão. Formado por sete parlamentares, o bloco passa a contar com duas vagas na mesa-diretora, a do próprio Raad na primeira secretaria e a vice-presidência de Dr. Michel, do PSL, as presidências das comissões de Meio Ambiente e de Economia, Orçamento e Finanças, com Rôney Nemer e Agaciel Maia, além da corregedoria, comandada por Wellington Luiz. Não é pouca coisa.

As decisões do Blocão deverão interferir diretamente na rotina da casa. De acordo com o líder, o grupo segue afinado com o governo e, principalmente, com o vice-governador, já que Nemer é afilhado político de Tadeu Filippelli. Não foi à toa que Filippelli compareceu à filiação de Raad com jeito de dono da casa. Afinal, ele tem, digamos, uma relação privilegiada com o PPL, tanto assim que vem turbinando a nova legenda na região. Caso se mantenha unido, o Blocão poderá surpreender na formação do comando da Câmara para o segundo biênio e na indicação para o conselho do Tribunal de Contas do Distrito Federal.

O grupo que compõe o Blocão já mostrou força ao indicar a formação da futura Sec re t a r i a de Condomínios, que deve sair do papel ainda esta semana. Os nomes do secretário e dos diretores serão indicados pelos deputados do bloco. Ontem, a turma reuniu-se com o governador Agnelo Queiroz.

Blog do honorato.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: