Brasil: Cantor evangélico é preso depois de abusar da neta

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Um cantor evangélico foi preso na manhã desta sexta-feira (15/2), no bairro da Chacrinha, em Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro, acusado de abusar sexualmente da neta de 13 anos e das amigas dela, também menores de idade. Os abusos, segundo a polícia aconteceram entre 2008 e 2011, em Queimados, na Baixada Fluminense.


De acordo com policiais da 55ª DP (Queimados), o homem, de 54 anos, que alega problemas psiquiátricos e psicológicos, após abusar das meninas em sua casa, orientava a neta a ingerir a pílula do “Dia Seguinte” depois das relações sexuais.

“Para uma pessoa que diz sofrer estes problemas, me pareceu bem frio e calculista ao orientar a neta a tomar o remédio. Além dela, que na época tinha 9 anos, abusou de duas crianças de 7 e 10 anos, que hoje tem 11 e 14”, disse o delegado titular Daniel Mayr.

Ainda segundo ele, a neta contou os abusos a mãe em dezembro, quando denunciou o caso. “A menina confirmou que o avô fazia sexo oral nela e tentava introduzir o pênis. Ainda abusou dela na frente das duas amigas, também vítimas. Elas não contaram antes o crime por medo e vergonha”, acrescentou.

Na delegacia, o acusado, que afirma frequentar a igreja Assembléia de Deus em Queimados, cantou um hino evangélico antes de confessar o crime. “Sofro com perda de memória e acabei fazendo isso. Abusei delas, porém não agarrei à força e nem tirei a virgindade da minha neta. Pequei contra o céu e a terra. Quem não tem pecado que atire a primeira pedra”, afirmou.

O acusado vai responder por três crimes de estupro de vulnerável e caso seja condenado pode pegar de 12 a 27 anos por cada um.



Agência O Dia / Imagem: web

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: