Brasilienses marcam primeiro “rolezinho” em shopping de área nobre de Brasília

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Brasilienses já articulam o primeiro rolezinho (encontros em shoppings marcados pela internet e que começaram em São Paulo) que será realizado em um shopping da capital. Em um evento no Facebook, mais de  mil pessoas já confirmaram presença na manifestação que está marcada para o próximo dia 25 de janeiro no shopping Iguatemi, que fica no Lago Norte (DF), região nobre de Brasília.  


A descrição do evento na rede social diz que a intenção do movimento não é promover arrastão ou atos de vandalismo. O grupo também se diz solidário às vítimas de violência policial durante as manifestações do mesmo tipo, que foram realizadas em São Paulo.

  Sérgio Lopes, um dos organizadores do rolezinho em Brasília, é morador de Planaltina (DF) e defende o direito de quem sempre foi discriminado.   


— O que os jovens querem é apenas garantir o seu direto de lazer em qualquer lugar.  

Outro organizador, Franklin Rabelo, diz que o combate aos encontros parte de setores conservadores e preconceituosos. Ele lembra que nos rolezinhos semestrais da USP (Universidade de São Paulo) não há reclamação pois “são pessoas de pele clara”.  

Em nota, o shopping Iguatemi de Brasília informou apenas que tem como procedimento padrão atuar para garantir a segurança e a tranquilidade de seus clientes, lojistas e colaboradores.  

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal ainda não comentou se haverá um esquema especial de policiamento para a região no próximo dia 25.  

Após o confronto ocorrido na capital paulista, um grupo também convocou um ato para o próximo domingo (19) às 16h20 no Shopping Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro. Até o momento, mais de 5.000 pessoas confirmaram presença no evento no Facebook.

Histórico
O primeiro rolezinho registrado em São Paulo ocorreu no dia 8 de dezembro, no shopping Metrô Itaquera. Na ocasião, 6.000 jovens organizaram um baile funk dentro do shopping. Houve correria e muitos lojistas fecharam as portas para se proteger do grande número de pessoas.
Na semana seguinte, no dia 14, 23 pessoas foram detidas suspeitas de envolvimento em um arrastão no Shopping Internacional de Guarulhos, após um novo rolezinho. No dia 23, o encontro marcado pelos jovens foi no shopping Campo Limpo, zona sul de São Paulo. No entanto, a reunião quase não teve público devido à presença de muitas viaturas da Polícia Militar no local. Temendo um arrastão, lojistas chegaram a baixar as portas por alguns minutos.
No último fim de semana, a Policia Militar e equipes do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) foram acionados para atender a uma suspeita de arrastão no shopping Center Norte, na zona norte cidade. Cerca de 300 pessoas se encontraram no shopping e causaram um princípio de tumulto.
O último caso ocorreu neste sábado (11). O rolezinho marcado no shopping Itaquera, na zona leste de São Paulo, terminou com três jovens — sendo dois adolescentes — detidos. Segundo a PM, foi preciso usar balas de borracha e gás lacrimogêneo para dispersar o grupo. O centro de compras diz que recebeu cerca de 3.000 participantes do encontro e a corregedoria da PM vai avaliar se houve excesso dos policiais na ação em Itaquera.
 Informou o R7

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: