Cadeiras para canhotos nas escolas de Brasília.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp


Se depender a deputada Luzia de Paula o sofrimento dos estudantes canhotos está com os dias contados nas escolas, públicas e particulares, do Distrito Federal.

O Projeto de Lei nº 1187/2012, proposto na Câmara Legislativa pela parlamentar, prevê a disponibilização, em sala de aula, de cadeiras de braço para alunos canhotos. A proposta abrange as instituições de ensino que realizam palestras, cursos, seminários, concursos, além de atividades normais previstas no currículo escolar.

Segundo Luzia de Paula, o número de cadeiras destinadas a canhotos corresponderá a 10% por cento dos alunos matriculados, e caso o número de alunos seja inferior a esse percentual, as cadeiras deverão ser mantidas em estoque, em perfeito estado de conservação para uso imediato.
Com o fim de facilitar a disponibilização das cadeiras, o projeto prevê ainda que a condição de canhoto ou destro do aluno deverá constar em sua ficha de matrícula.
“Busco, por meio desta proposta, assegurar tratamento isonômico aos alunos canhotos das escolas públicas e particulares do Distrito Federal, os quais enfrentam sérias dificuldades para cumprir suas tarefas em sala de aula, devido, sobretudo, a falta de cadeira com apoio situado no lado esquerdo”, justifica a deputada.
Poucas escolas disponibilizam cadeiras para alunos canhotos, mas não existe regularidade nesta ação, sem contar que elas não possuem estoque desse mobiliário para atender os casos excedentes.

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: