CAF e SEDUH discutem regularização fundiária em Ceilândia.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Acelerar a apreciação dos processos de regularização de terras do DF. Esse foi o objetivo do encontro ocorrido, nesta terça-feira, entre o secretário de Habitação do DF, Geraldo Magela, e o presidente da Comissão de Assuntos Fundiários (CAF) da Câmara Legislativa, deputado Cristiano Araújo (PTB).

Representante da Associação de Moradores da Vila Vicentina, Inácio Lima, participou da reunião. De acordo com ele, o setor está em situação irregular há mais de 40 anos. Atualmente, mais de 200 famílias aguardam a escritura definitiva. O presidente da CAF também pediu empenho do secretário nos processos de regularização da QNR, na Ceilândia, e do condomínio Residencial Renascer.
No Distrito Federal cerca de 500 mil moradores ainda não tiveram concluídos os processos de regularização de suas terras. Enquanto o procedimento não for finalizado muitas regiões ficam impedidas de receber investimentos públicos. “Estamos trabalhando para resolver a situação, a intenção do Governo e entregar as escrituras para essas famílias o mais rápido possível”, afirmou Magela.
O secretário vai analisar a situação de cada região e enviar um relatório para a CAF. “Vou discutir a situação de cada setor na Comissão. Quero que essas famílias tenham a tranquilidade de morar em um local legalizado”, disse Cristiano.
O parlamentar tem realizado visitas freqüentes às regiões que estão em situação irregular. Desde o início do ano, ele já visitou cidades como Vila Planalto, Paranoá, São Sebastião, Santa Maria, Estrutural, Planaltina, Riacho Fundo II, Recanto das Emas, Ceilândia e Sobradinho.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: